Câmara autoriza processo de impeachment e após quase 14 anos, domínio do PT no Brasil se aproxima do fim

sp

A Câmara dos Deputados aprovou neste domingo, 17, o prosseguimento (admissibilidade) do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso.

CgSfT7sWwAAkpNhA vitória da oposição, que atingiu os 342 votos necessários às 23h07, foi comemorado por milhões que foram as ruas do país acompanhar o processo de votação. A derrota do governo Dilma após quase 14 anos de poder no país, dimensiona o isolamento político da petista. Apesar de ter oferecido cargos em troca de votos, Dilma não conseguiu reunir os 172 apoios para travar o impedimento na Casa.

Apenas PT, PC do B e PSOL permaneceram totalmente fiéis ao lado de Dilma na votação em plenário, que começou 17h46.

A presidente, segundo relatos colhidos pelo Estado, afirmou que não renunciará ao cargo para o qual foi eleita pela segunda vez em 2014 e disse que vai lutar para manter o mandato no Senado.