Câmara Municipal de Coité demite 10 funcionários para aumentar salário de vereadores

camaraDe acordo com as Portarias nº 809 e 812 de 20 de novembro de 2013, o presidente da Câmara Municipal de Conceição do Coité, vereador Betão Gordiano (PT) resolveu exonerar 10 funcionários da casa, além de reduzir a jornada de trabalho e, consequentemente, os salários dos servidores efetivos do quadro da Câmara Municipal em 40%, após o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) conceder, através de liminar, aumento salarial aos vereadores do município. De acordo com liminar concedida pelo TJ-BA, impetrada pelos vereadores Elder Santiago Ramos (PP), Elizane de Pinho C. Brasil (PSDB), Eriberto Antônio A. Filho (PROS), Francisco César B. Silva (DEM), José Jailmo Pereira Gomes (PP), José de Almeida Baldoino (PSD), Pedro de Jesus Almeida (PSC) e Ivaldo Araújo Almeida (PSD), vice-presidente da Câmara, o salário de cada um dos 15 parlamentares coiteenses passa de R$ 5,2 mil para cerca de R$ 8 mil. Os vereadores apelaram ao TJ-BA após terem o pedido de liminar recusado pelo juiz da Comarca de Conceição do Coité.

De acordo com publicação extraordinária do Diário Oficial do Poder do Legislativo deste sábado (21), além de demitir 10 funcionários e reduzir o salário dos efetivos, o presidente também determinou a suspensão imediata de serviços como internet e telefone, além da compra de material de limpeza e escritório. O uso de ar condicionado e a transmissão online das sessões também foram suspensos. Até a compra do pó de café, açúcar e água mineral foi “barrada” pelo presidente.

Em tempo, uma reunião com todos os servidores do Poder Legislativo foi convocada para a manhã desta segunda-feira (23), às 09h Pelo visto, só não vai ter o tradicional “cafezinho”.

Fonte: Notícias de Santaluz