Capitão do Cobresal polemiza com declaração infeliz antes de jogo contra o Timão

fuentes_causou_polemica_apos_declaracao_sobre_rjUma declaração do capitão do Cobresal, rival do Corinthians na noite desta quarta-feira, em El Salvador, no Chile, pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores, causou polêmica entre chilenos e corintianos nas redes sociais. Na véspera do duelo, Johan Fuentes se referiu aos jogadores do Timão como “negros bastante assustados”.

“Tenho lido no Twitter e a verdade é que os negros estão bastante assustados por causa do deserto e da altitude. Por isso temos que ser bem inteligentes e tratar de ‘asfixiá-los’, ter a bola e pressionar quando eles estiverem ‘asfixiados'”, declarou o jogador de 31 anos à Rádio ADN.

Por meio do Twitter, alguns torcedores do Corinthians se revoltaram e acusaram Fuentes de racismo. Chilenos, por sua vez, argumentaram que a expressão “negros”, no país, é usada comumente e não tem conotação pejorativa.

Além de Corinthians e Cobresal, o Grupo 8 da Libertadores conta com Santa Fe, da Colômbia, e Cerro Porteño, do Paraguai (ambos empataram no jogo de estreia da chave). O capitão da equipe chilena analisou os adversários e colocou seu time como “azarão”.

“É um jogo complicado, pois estamos em um grupo com outros três grandes clubes. Não temos nada a perder, mas podemos surpreender”, comentou Fuentes.(Meu Timão)