Carnaval de Salvador vive maior crise em vendas de abadás da história

ddddO Carnaval de Salvador, a maior festa do planeta, sempre foi motivo para os foliões já se prepararem, logo após o seu término, para começar a pagar seus abadás do ano seguinte. Entretanto, neste ano esta movimentação de vendas antecipadas para o Reinado do Momo de 2015 teve uma queda muito grande. A direção da Central de Carnaval, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, coloca a culpa em dois motivos fortes: Copa do Mundo 2014 e Eleições para a Presidência da República. “Este ano as vendas estão atípicas em relação ao ano anterior. É um reflexo do que aconteceu no país. Até agosto só se pensava em Copa do Mundo, o que prejudicou as vendas, e depois nas eleições para deputados, governadores e presidente”, afirmou o diretor e um dos fundadores da Central do Carnaval Joaquim Nery. Nery fez um comparativo em relação ao ano passado nesta mesma época, final de outubro, revelando que até agora houve uma queda de 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo com as vendas em baixa, o bloco campeão de procura continua sendo o Camaleão, que traz Bell Marques como atração, seguida da Timbalada, com Denny e o Olodum, com sua banda, informou Nery. Ele disse ainda que as atrações para a próxima festa momesca na capital são os blocos: Balada, que inicia neste ano, com Tuca Fernandes e Timbalada com Denny, no domingo, segunda e terça na Barra/Ondina. A expectativa do carnavalesco é de que haja corrida para compras de abadás também para outra atração de 2015 que será o bloco Amanhecer, trazendo Tomate na terça-feira, último dia do Carnaval, no circuito Barra/Ondina. “A proposta de Tomate é ir até o encerramento do Carnaval”, afirmou. O diretor da Central de Carnaval também anunciou a confirmação da participação de um dos blocos mais concorridos do Carnaval baiano, o Crocodilo, que traz como atração a cantora Rainha do Axé, Daniela Mercury, que vai desfilar durante três dias da maior festa popular do planeta.Os foliões que mais compram abadás para o maior Carnaval de Salvador são os próprios baianos, seguidos de foliões de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. O bloco mais barato é o Banana Coral, R$ 190, com a atração Oito7Nove4. Já o mais caro é o Camaleão, R$ 2.415, com Bell Marques, cujo desfile acontece no domingo, segunda e terça.