Casa de repouso: a escolha certa

Atualmente o Brasil tem 26 milhões de pessoas acima dos 60 anos e segundo projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esse número vai chegar a 37 milhões em 2027. O crescimento da população idosa gerou um aumento de casas de repouso no país. Em busca de um local seguro e humanizado, muitas famílias optam por esses lugares devido aos benefícios oferecidos para os seus entes queridos.

Em 2017, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) realizou o primeiro estudo sobre quantas casas de repouso existem no Brasil. Veja os principais resultados do estudo:

  • Incluindo todas as instituições, 65% são filantrópicas, 28,2% privadas e 6,6% mantidas pelo poder público.
  • 71% das cidades brasileiras não têm casa de repouso.
  • Com cerca de 26 milhões de idosos, o Brasil tem apenas 218 casas de repouso públicas.
  • As casas de repouso públicas e privadas abrigam 83 mil idosos, sendo a maioria mulheres.
  • Dois terços das instituições para idosos estão localizadas em grandes cidades da região Sudeste, e o estado de São Paulo tem 34,3% do total.
  • Mais da metade das novas casas de repouso no Brasil é de natureza privada e a tendência é esse número aumentar.

Por que optar por uma casa de repouso?

A maioria das pessoas escolhe hospedar o familiar idoso em uma casa de repouso devido ao pacote de serviços oferecidos. Conforto, monitoramento 24 horas, segurança e lazer são os principais aspectos levados em consideração quando a família precisa tomar uma decisão. Esses locais são projetados exclusivamente para atender às necessidades individuais de cada paciente.

Quando o próprio idoso decide ir para uma casa de repouso, ele busca um ambiente humanizado, um lugar para um bom convívio social e para a participação em atividades estimulando a mente e o corpo. Além disso, tanto o idoso quanto seus familiares se sentem mais seguros sabendo que podem contar com o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, garantindo a saúde, o bem-estar e a tranquilidade do paciente.

Algumas casas de repouso têm amplos jardins para poder caminhar e tomar banho de sol, quartos e ambientes decorados para o paciente se sentir em casa. Outra vantagem é a acessibilidade por meio de rampas e elevadores, sendo projetadas para facilitar a locomoção e dar comodidade aos hóspedes. O mais importante é o idoso ter qualidade de vida, ser tratado com carinho e atenção durante sua estadia.

Justamente por conta do crescimento da população acima de 60 anos no Brasil, o número de casas de repouso particulares vem aumentando muito, e a procura também. Já não existe lugar para estereótipos. A casa de repouso é, hoje, a melhor opção para a família e para o idoso.

....

COMPARTILHAR