Chevrolet Kadett GSi 1994 em estado de 0km é encontrado em SP

Quanto você pagaria por um Kadett GSi 1994 em estado de 0km com apenas 54 mil quilômetros rodados? Um raro e belo exemplar desse ícone da Chevrolet deixou a garagem do caçador de raridades Reginaldo de Campinas que havia encontrado recentemente em uma de suas garimpagens, o valor não foi revelado, porém não foi nem um pouco barato.

310296138 470273781804867 1003243745788291828 n
Foto: Reginaldo de Campinas

Automóvel compacto da Opel. O Kadett Foi fabricado por várias gerações e em várias fábricas no mundo, sendo que a geração “C” foi produzida pela GM do Brasil, sob o nome de Chevrolet Chevette (inclusive na versão quatro portas, Hatch, perua e pick-up, sendo que as últimas tinham nomes de Marajó e Chevy 500) e a geração “E”, como Chevrolet Kadett (também produzido na versão perua, chamada Chevrolet Ipanema).

O Kadett foi um carro que inovou em vários aspectos da produção de veículos no Brasil, sendo o primeiro carro produzido em série a utilizar vidros colados (pára-brisas e traseiro), a possuir suspensão regulável a ar, a contar com um motor a álcool injetado (junto com o Monza em 1991) e pneus série 65 (Kadett GS 1991).

Foi o primeiro carro da Chevrolet a utilizar computador de bordo e check-control, além de possuir o melhor coeficiente aerodinâmico da época: Cx 0,30 no Kadett GS e Cx 0,32 nos demais modelos.

O Kadett GSi Europeu era equipado com motor 1.8 com 116 cv, sendo que em 1987, a Opel substituiu pelo motor 2.0L. Em 1988 foi lançado também em versão 16 válvulas. Chegou ao Brasil em novembro de 1991 como substituto do GS, ou seja, um GS com injeção eletrônica multiponto, sendo que no Brasil não existiu a versão 16 válvulas.

O Kadett GSi vinha equipado com todos os itens do Kadett GS, mas agora com injeção eletrônica e um belo painel digital, sendo muito bem aceito no mercado brasileiro pelo ar de novidade. O modelo era disponível também na versão conversível, cuja montagem era finalizada na Itália. A versão GSI abandonou a faixa preta entre as lanternas traseiras, mas manteve itens de série do GS, como os bancos Recaro® (no GSI de cor mais clara e agradável, com encostos de cabeça vazados), manteve as rodas parecidas com as do GS, porém mais arredondadas e modernas. Seu motor se destacava pelos 121 cv e sistema de Injeção Multipoint (Bosch Le-Jetronic) e sistema de ignição Bosch EZK. Seu último ano de fabricação foi 1994 como modelo 1995. Nesta versão o interior foi melhorado, com comandos dos vidros nas portas e porta-luvas mais funcional. Perdia os exclusivos bancos Recaro®. 1994 foi o seu último ano de produção, dando espaço ao Kadett Sport, supostamente seu substituto, porém nunca foi substituído à altura por conta de itens de série bastante inferiores e motor menos potente.

O GSi se aposentou sem nunca ter deixado um verdadeiro substituto, o que na verdade aconteceu com seus concorrentes diretos (VW Gol GTI e Ford Escort XR3).

310551247 470273735138205 3645162311626572680 n
Foto: Reginaldo de Campinas
310567862 470273761804869 8807826843744117945 n
Foto: Reginaldo de Campinas
310982309 470273831804862 46029832058700483 n
Foto: Reginaldo de Campinas
311052820 470273778471534 7591653465663684515 n
Foto: Reginaldo de Campinas
311060261 470273745138204 1909056105363055426 n
Foto: Reginaldo de Campinas
311091162 470273835138195 7985680853947757466 n
Foto: Reginaldo de Campinas
311127046 470273881804857 354997572432125957 n
Foto: Reginaldo de Campinas
311141471 470273861804859 7493360137047614794 n
Foto: Reginaldo de Campinas
311344523 470273851804860 1716810314230883441 n
Foto: Reginaldo de Campinas