Cipe/Semiárido fecha cerco contra o tráfico

Com o objetivo de localizar plantios de maconha em ilhas do Rio São Francisco, a Cipe/Semiárido iniciou nesta segunda-feira (20) um patrulhamento fluvial. Com doze policiais, divididos em dois barcos, a ação ostensiva foi realizada no município de Xique-Xique, distante 585 quilômetros de Salvador.

De acordo com o major Carlos Maltez, comandante da unidade, as ilhas são muito utilizadas por traficantes para o cultivo do entorpecente, e além disso, a operação também proporciona mais segurança para a população ribeirinha da cidade. “Estamos fechando o cerco nessas áreas produtoras de maconha, e vamos continuar nesse trabalho”, disse Maltez.

Foto reprodução

Outras ações

Quando realizavam abordagens na BA 052, policiais da Cipe/Semiárido apreenderam um revólver calibre 38 com Elison Macedo do Nascimento. Ele foi encaminhado para a Delegacia Territorial de Baixa Grande, junto com a arma.

Já em Central, durante diligência para recaptura de um fugitivo da carceragem da Delegacia Territorial da cidade, policiais da especializada localizaram Célio Cardoso de Souza, 32 anos, o “Capa Rato”, nas imediações da rua Dom Pedro II. Ao avistar a aproximação dos PMs, ele começou a atirar, e na troca de tiros foi atingido, chegou a ser levado para o Hospital Municipal , mas não resistiu aos ferimentos.

Com “Capa Rato” foi encontrado um revólver calibre 32. Ele tinha diversas passagens por tráfico de drogas, porte ilegal de arma e estupro.

....

COMPARTILHAR