Com 100 atuações no Tribunal do Júri, advogado bonfinense vai lançar livro

    DSC00860
    Josemar atuando no Júri de número 100

    O advogado bonfinense JOSEMAR SANTANA acaba de completar 100 atuações no Tribunal do Júri e está determinado a publicar livro contando as histórias e estórias que conheceu durante as suas atuações e que espera servir a novos advogados que tenham vocação e interesse para atuações no Tribunal Popular.

    Josemar começou as suas atuações no dia 5 de maio de 1999, na Comarca de Senhor do Bonfim (Ba), e terça-feira (13.08.2013) completou a centésima atuação, atuando no Tribunal do Júri da Comarca de Itiúba (Ba), tendo suspendido suas atuações entre setembro de 2006 e setembro de 2007, por causa de um infarto do miocárdio.

    Durante a sua trajetória Josemar contou sempre com o auxílio das filhas, Maraísa Santana e Maiana Santana (também advogadas), que se dedicam ao trabalho de garimpagem dos processos, fazendo anotações, selecionando jurisprudências e citações doutrinárias e preparando roteiros para as teses de defesa, inclusive atuando em algumas Sessões de Julgamento, desde a época de estudantes dos cursos primário e secundário, quando revelaram interesse e vocação pela profissão do pai.

    DSC00871
    Josemar ladeado pela promotora Abdréa Borges e Juíza Dione Cerqueira

    Josemar já atuou em todas as regiões do Estado da Bahia, com algumas incursões fora do Estado e durante a sua trajetória estimulou vários colegas a atuarem no Tribunal do Júri, tendo atuado apenas três vezes como assistente de acusação, guardando cuidadosamente todos os dossiês dos processos que defendeu para encaderná-los em volumes e doá-los a alguma biblioteca de uma Faculdade de Direito, que ainda será escolhida.

    Ao completar a centésima atuação no Tribunal do Júri Josemar lembrou que o seu maior incentivador foi o juiz Edson Souza, que por muitos anos foi o titular da Vara Crime de Senhor do Bonfim, registrando também outros magistrados que considera importantes na sua trajetória, a exemplo dos juízes que passaram pelas comarcas da região como Josemar Cerqueira (Saúde), Ricardo Schimidt (Campo Formoso), George Assis (Pindobaçu e Campo Formoso), Roberto Paranhos (Pindobaçu), Aroldo Carlos (atual Juiz de Campo Formoso) e Dione Cerqueira (atual Juíza de Itiúba).

    Do Ministério Público Josemar guarda importantes lembranças de promotores que atuam ou atuaram na região, destacando Edmundo Reis, David Gallo, Ítala Suzana, André Fethal, Samuel Luna, Andréa Borges e Bianca Geisa.

    A Dra. Dione Cerqueira, Juíza da Comarca de Itiúba, ao abrir a Sessão do Júri elogiou o trabalho profissional do advogado, destacando a sua contribuição para o fazimento da justiça na Bahia, e a promotora Andréa Borges, além de destacar a postura elegante do advogado disse que o Estado da Bahia lhe deve muito pelos serviços prestados à Justiça baiana.

    Josemar está elaborando minuciosa estatística sobre os processos em que atuou, revelando que em todos eles registra a presença de bebida alcoólica nos fatos motivadores dos crimes de homicídio, consumados ou tentados.

    SANSIL COMUNICAÇÃO – Sr. Bonfim, Bahia, 17 de agosto de 2013.