Com aparência de 90 anos, menina celebra festa de debutante

001No último final de semana, a adolescente Magali González Sierra realizou um sonho e comemorou seus 15 anos de idade com uma festa de debutante. A colombiana do município de Candelaria, sofre de uma doença rara, Síndrome de Huntchinson-Gilford (também chamada de progéria), que causa envelhecimento precoce.

Segundo informações do jornal Daily Mail, apesar da aparência de uma idosa de 90 anos, a jovem superou as expectativas dos médicos  que acreditavam que ela não passaria dos 13 anos. De acordo com a publicação britânica, Magali tem dificuldades para se comunicar e depende de muitos remédios para sobreviver. Por isso, chegar aos 15 anos foi, de fato, motivo de comemoração para ela e sua família, que organizou uma festança para celebrar o momento.

Por não ter mais cabelos, a jovem apostou em uma peruca para se enfeitar para a festa. “Acho que estou bonita”, disse a jovem à agência “AFP”. Ainda de acordo com a agência, a mãe de Magali, a doença da filha surgiu aos 10 meses, quando o corpo dela começou a envelher preocemente, com a pele endurecendo e os pêlos caindo. “Magali tem 15 anos e os ossos têm cerca de 90”, acrescentou a mãe.

Apesar de já ter vivido além da expectativa, os pais de Magali são confiantes. A jovem também. Ela pensa, em breve, em se tornar enfermeira.