Com série invicta, Timão volta a jogar na arena

arenacorinthians-reuA Arena Corinthians volta a ser palco de um jogo de Taça Libertadores nesta quarta-feira, quando o Timão enfrenta o Independiente Santa Fe, às 21h45 (horário de Brasília), pela segunda rodada do Grupo 8 da competição. Com 13 jogos de invencibilidade no estádio e um time cada vez mais perto de sua reconstrução, a meta é apagar o último jogo no local pelo torneio continental.

O jogo contra o Santa Fe é o primeiro do Timão em casa pela Libertadores desde a derrota por 1 a 0 para o Guaraní, do Paraguai, em 13 de maio do ano passado. O jogo selou a eliminação precoce nas oitavas de final e deflagrou uma crise que só seria superada com o título brasileiro.

Desde então, o time só teve mais duas derrotas em casa: 2 a 0 para o Palmeiras, no jogo seguinte à eliminação na Libertadores, e 2 a 1 para o Santos, pela Copa do Brasil, no dia 26 de agosto. Em seis meses sem resultados negativos, o Corinthians conseguiu 11 vitórias e dois empates, contando o triunfo por 1 a 0 sobre o Oeste, neste sábado.

Apesar da sequência, o técnico Tite pediu paciência aos torcedores na quarta-feira. O Santa Fe se mostra um adversário mais difícil do que os últimos enfrentados pelo Timão em sua casa.

– Precisamos ter a compreensão e carinho do torcedor. Nossa equipe está em formação, há um Guilherme, um Giovanni, são rodados, mas estão entrando em uma nova equipe. Se estivermos tocando uma bola para o lado, procurando espaços, que a torcida tenha paciência e nos ajude. O Santa Fe é cascudo e rodado há bastante tempo – analisou Tite.

Apesar da última impressão ruim, o curto retrospecto do Timão em sua arena, pela Libertadores, não faz feio: são três vitórias, um empate e a derrota para o Guaraní em cinco partidas realizadas em Itaquera.

Em 2015, algumas das melhores apresentações do Corinthians ocorreram no estádio, pela competição internacional. A goleada por 4 a 0 sobre o Once Caldas, pela primeira fase, além das vitórias sobre São Paulo e Danubio, na fase de grupos, foram marcadas pelo futebol bem jogado e a sensação de que o Timão era quase imbatível.

– Nos últimos 15 minutos eu curti. Fiquei assistindo, fiquei deliciando a qualidade do grupo – afirmou Tite, após a vitória sobre o Danubio.

Contra o Santa Fe, o técnico pode não ter tempo para curtir seu time, já que o elenco ainda está em reconstrução. Uma simples vitória, porém, deixa o Corinthians em ótima posição no Grupo 8 da Libertadores e reitera a confiança que Tite tem de que pode chegar ao bicampeonato da competição sul-americana.