Como limpar o ar-condicionado de janela de forma correta?

Aparelho sujo pode espalhar doenças pelo ar e agravar problemas de saúde pré-existentes

A cada dia que passa, o Verão vai se aproximando mais. No entanto, em se tratando de Brasil, a temperatura é quase sempre alta. Mesmo em estações consideradas mais frias como Outono ou Inverno, não é incomum em capitais como Rio de Janeiro, Recife, Salvador e Belém convivermos com sensações térmicas beirando os 40º.

Isso faz com que precisemos refrigerar o ar para evitar uma temperatura ainda mais elevada dentro de nossas casas. Embora ainda não estejamos no período mais quente do ano, é imprescindível que nos preocupemos com a limpeza, principalmente, do nosso ar-condicionado de janela. O resultado de um filtro sujo é a proliferação de fungos e bactérias nas paredes dos tubos do aparelho, espalhando doenças pelo ar e agravando problemas de saúde pré-existentes.

Doenças respiratórias como a rinite, por exemplo, são transmitidas porque o ar dentro dos ambientes fica desidratado, ressecando as mucosas por onde entra o ar que respiramos, debilitando o organismo e deixando as pessoas mais vulneráveis às infecções. A baixa temperatura que o ar-condicionado proporciona em nada tem a ver com esses problemas.

Saiba como limpar o seu ar-condicionado de janela

Não há nenhum mistério nenhum no processo de limpeza de um ar-condicionado de janela. É mais fácil do que parece, sem necessidade alguma da presença de um técnico. Aprenda passo a passo como realizar o serviço:

  1. Remova grelha frontal do aparelho. Pode-se usar uma faca se a grelha estiver presa com a ajuda de clips. Se ela estiver parafusada, obviamente, utilize uma chave de fenda para removê-la;
  2. Ligue o aparelho, retire-o da janela e coloque-o sobre uma mesa, bem resistente de preferência, em virtude do peso do equipamento;
  3. Remova e lave o filtro de malha e a grelha com água morna e sabão;
  4. Após a lavagem, sacuda o filtro para retirar o excesso de água e deixe secando tanto o filtro quanto a grelha;
  5. Faça vácuo com a ligação da escova e faça-a correr através das bobinas de evaporação de forma meticulosa. Em seguida, pegue uma escova de plástico e remova toda a poeira restante;
  6. Agora, observe as barbatanas das bobinas. Se houver alguma achatada ou dobrada, passe um pente próprio para endireitá-las, mas tenha muito cuidado porque elas são extremamente frágeis. Esse pente para as barbatanas pode ser adquirido em qualquer loja especializada.
  7. Voltando ao ar-condicionado, vire a parte traseira do aparelho para si para averiguar as bobinas do condensador;
  8. É necessário realizar o mesmo processo de utilizar uma escova de vácuo (limpeza) e remover todo o tipo de sujeira que esteja impregnada nas bobinas com a escova de varrer (espanadeira);
  9. As barbatanas também são revistas e endireitadas aqui com a ajuda do pente próprio para o serviço. Desta vez, inspecione o aparelho por dentro e retire todo o tipo de sujeira ou poeira com a ajuda de uma escova de vácuo e da abertura de ligação;
  10. É preciso também limpar as lâminas da ventoinha com a mesma escova, mas lembre-se: sempre de forma cuidadosa

Realizando esses 10 passos acima, o processo de limpeza está completo e já podemos colocar novamente o ar-condicionado na janela, colocado de volta também o filtro e a grelha, obviamente. Ligue o aparelho e aproveite todo o frescor que ele pode lhe proporcionar.

É muito importante manter a higiene do ar-condicionado

O seu ar-condicionado deve ser mantido sempre higienizado. Esse processo de limpeza evita o ressecamento do muco pulmonar e das vias aéreas, diminui o risco de transmissão de doenças graves, melhora o funcionamento do aparelho, reduz os custos com manutenção e garante a climatização correta do ambiente. Com isso, sobra mais tempo, disposição e dinheiro para a correria do dia a dia e para aproveitar o tempo livre com a família e os amigos.