Covardia: Pedreiro abusa sexualmente de bebê de um ano por causa de choro da criança

pedreiroMais um crime brutal envolvendo abuso sexual contra criança veio à tona, desta vez do interior de Pernambuco. Um pedreiro de 39 anos foi preso em flagrante suspeito de abusar sexualmente de um bebê de um ano e três meses. Na delegacia, ele chegou a confessar o crime e alegou que a criança estava chorando demais quando chegou em casa.

A mãe da criança havia se mudado para a casa do suspeito, que é seu primo, após apanhar do marido. No dia do abuso, a mulher saiu de casa e ficou fora durante 40 minutos. Nesse meio tempo, o dono da casa chegou bêbado e cometeu o ato cruel. A mãe da vítima só percebeu o estupro quando chegou em casa e viu a fralda fora da criança, além de ferimentos na região íntima.

De acordo com o delegado que toma conta do caso, o suspeito é alcoólatra e já foi flagrado tomando banho em um chafariz na praça da cidade. O homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e será transferido para o presídio da cidade de Lagoa no Carro (PE).