CPI do BNDES pode atingir marqueteiro natural de Tucano que trabalhou com Dilma

001A Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara Federal que investiga os contratos de financiamento do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apura também irregularidades em pagamentos da campanha da presidente Dilma Rousseff (PT).

O colegiado, que tem como relator o deputado baiano José Rocha (PR), poderá atingir o marqueteiro João Santana. O marqueteiro baiano natural do município de Tucano trabalhou na campanha da petista e pode ser alvo da CPI.

Segundo o colunista Cláudio Humberto, do site Diário do Poder, a possibilidade tem enchido os olhos da oposição. “Chegamos à lavagem de dinheiro na campanha do PT”, avisou Alexandre Baldy (PSDB-GO).