Criança de 3 anos com leucemia busca doador

Artur Levi Santiago, de apenas 3 anos, busca um doador de medula óssea. Diagnosticado com leucemia há cinco meses, o garoto de Juazeiro (BA) está internado em um hospital de Salvador e descobriu, esta semana, que não tem nenhum parente compatível.

Diante dos resultados, familiares da criança fazem um apelo para que as pessoas doem medula óssea.

leucemia
Artur Levi Santiago, de apenas 3 anos, busca um doador de medula óssea para tratar sua leucemia Imagem: Reprodução

“É uma dor imensa, só quem passa é que sabe”, contou a avó do menino, Arlindinalva Francisco da Silva, à TV Bahia.

O diretor do Hemoba (Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia), em entrevista à TV, afirmou que este ano houve queda de 70% nos cadastros de doadores no estado.

Já o Redome (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), publicou que, por causa da pandemia, houve uma redução de 30% nos registros de doadores a nível nacional — o levantamento foi computado até julho deste ano.

Só o transplante vai salvar a vida dele
Maria Ednalva Brais da Silva, tia de Artur

Artur está internado no Hospital Aristides Maltez, onde já passou por quatro sessões de quimioterapia. Para dar continuidade ao tratamento, precisa realizar o transplante de medula — procedimento indicado para doenças ligadas ao sangue, como o caso da leucemia. A maior chance de compatibilidade é entre pessoas de parentesco próximo — pai, mãe e irmãos —, mas também é possível encontrar medulas compatíveis fora da família.

A avó contou que o menino sempre foi levado e que gostava de pular e brincar. Quando começou a se cansar muito e apresentar manchas pelo corpo, os pais procuraram ajuda médica e descobriram a doença.

“Se você pode ajudar, nos ajude. Tenha um gesto de bondade, vá a um instituto e faça seu teste de doação de medula e nos ajude”, pediu a tia do garoto, Maria Ednalva Brais da Silva.

doacao de sangue
Para ser doador de medula óssea, é necessário realizar um exame de tipagem para ver as características sanguíneas
Imagem: Travelsouls/iStock

Como doar?

Para descobrir se há compatibilidade, o doador deve realizar um cadastro no Hemoba e realizar um exame de coleta de sangue.

O voluntário deve estar sem sintomas de doenças virais, mas não é necessário nenhum preparo específico para o exame.

Quem se interessar a doar no Hemoba pode consultar mais informações no site do hemocentro, disponível neste link ou ligar para um dos números abaixo:

  • (71) 3117-7788
  • (71) 3116-5642

O que é a medula óssea?

A medula óssea é um líquido-gelatinoso que consta no interior dos ossos. Nela, são produzidos os componentes do sangue, responsáveis por transportar oxigênio para todo o organismo, defender o corpo das infecções e cuidar do sistema de coagulação do sangue.

Como é feita a coleta de medula?

De acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer), há duas formas de coletar a medula de um doador:

  • Por meio de procedimento cirúrgico, feito com anestesia, em que as células são retiradas de um osso na região no quadril. O processo dura cerca de 90 minutos, mas demanda um dia de internação.
  • Doação por aférese, quando as células são coletadas direto da corrente sanguínea, de forma parecida com um exame de sangue. A diferença é que o material passa por uma máquina, que filtra as células-tronco do sangue necessárias para o procedimento e retorna o resto ao organismo. É um processo mais demorado, de cerca de 4 horas de duração, mas não necessita internação. O único preparo para o doador, neste caso, é o uso de uma medicação que estimula a multiplicação das células-mãe alguns dias antes da coleta.

Fonte: UOL