Criança de 3 meses é espancada pela mãe no oeste da Bahia

bebe-chorandoEspancado pela mãe, Maria Helena da Silva, 21 anos, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, 940 km de Salvador, o menino LSO que ontem completou três meses de idade, está internado no Hospital do Oeste, em Barreiras, com um fêmur e a bacia quebrados.

Os pais, presos em flagrante na sexta-feira (21), estão detidos na cadeia de LEM á disposição da Justiça. De acordo com o delegado Leonardo de Almeida Mendes, o pai, Leandro Cesário de Oliveira, 24 anos, que trabalha em uma fazenda, disse em depoimento que chegou em casa e percebeu que a criança chorava muito.

“Ele afirmou que quando tirou a roupa do filho e percebeu que estava com a perna quebrada e tinha hematomas pelo corpo, levou a criança para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA)”, salientou Mendes, destacando que na policia a mãe assumiu os maus tratos alegando que o bebê chorava demais.

O delegado, que ainda está ouvindo testemunhas, salientou que a mulher deve ser indiciada por tentativa de homicídio e o marido por omissão e abandono de menor. Enquanto o pai socorria o bebê, através de denúncia de vizinhos à Policia Militar, prepostos da corporação chegaram á residência do casal, no bairro Santa Cruz, e lá encontraram uma menina, com pouco mais de um ano que também é filha do casal e com sinais de espancamento.

O Conselho Tutelar foi acionado e entregou a menina a um familiar, onde deve permanecer temporariamente até que a Promotoria da Infância e Juventude decida com quem ficará em definitivo. O mesmo deve acontecer com o seu irmão, que está com a saúde estabilizada e se recupera dos traumas na enfermaria pediátrica do HO. (Com informações do A Tarde/Foto Ilustrativa)