Criança espancada pela mãe por defecar na cama morre em hospital

RTEmagicC_37912a015b.jpg (1)O menino de cinco anos que foi espancado pela própria mãe na cidade de Cristais Paulista, no interior de São Paulo, não resistiu aos ferimentos e morreu. A criança, que teve morte cerebral, foi enterrada na manhã desta segunda-feira (2) em um cemitério de Campinas.

Adriano Henrique Jardim Ramos foi agredido pela mãe, Jane Aparecida Jardim, 27 anos, após ter defecado na roupa que vestia e na cama nesta última quinta-feira (26).

De acordo com a mãe do garoto, ela não o levou à creche para que ele cuidasse do irmão mais novo enquanto ela fazia os serviços de casa.

RTEmagicC_6852df8722.jpgEm determinado momento, a mulher percebeu que o garoto havia defecado em suas roupas e acabou se irritando. “Ele tinha feito cocô na cama. Foi quando eu me estressei e bati nele e acabei empurrando ele”, disse em entrevista ao G1 Ribeirão e Franca. Segundo ela, a irritação foi motivada pelo fato de ela ter lavado as cuecas do garoto no dia anterior.

Durante seu depoimento, ela relatou que agrediu a criança com um cinto e, apesar da surra, o garoto voltou a brincar normalmente com o irmão e que só percebeu a gravidade dos ferimentos quando colocou o menino para dormir depois do almoço.

De acordo com ela, a cabeça da criança ficou inchada e diversos hematomas apareceram pelos braços, barrigas e pernas. O menino foi socorrido com um quadro de traumatismo craniano, e ficou internado na UTI em estado grave.

Ele não resistiu aos ferimentos e teve morte cerebral. A família de Adriano resolveu doar os órgãos do menino. A mãe dele, que confessou o espancamento, foi presa e indiciada por tentativa de homicídio.

“Era um menino alegre, estava sempre brincando”, lamentou um tio da criança, Rondinelli Ramos, em entrevista ao G1 Campinas.

As informações são do G1