Crueldade: Detento joga água quente no ouvido de companheiro de cela na Bahia

RTEmagicC_ney_teixeiradefreitas_reproducao.jpgUm interno do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas tentou matar o companheiro de cela ao jogar água quente no ouvido dele. De acordo com informações da instituição, o crime aconteceu na madrugada do sábado (22). O acusado de cometer o crime é o detento Ney Charles Silva Batista, 40 anos.

Preso por homicídio, Ney dividia a cela com a vítima e sete outros presos. Por volta das 2h do sábado, ele esquentou uma caneca de água em uma chapa artesanal utilizada para fazer café, enquanto os colegas dormiam.

Em seguida, ela derramou o líquido quente no ouvido de Acenildo Gonçalves de Oliveira, 51 anos. Acenildo, que está preso por envolvimento com o tráfico de drogas, foi socorrido para o Hospital Regional de Teixeira de Freitas.

O estado de saúde dele é considerado estável, mas ainda não foi possível determinar se o detento corre risco de perder a audição. Ele segue internado na instituição.

Já Ney Charles foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil da cidade, onde foi ouvido e encaminhado novamente para o Conjunto Penal.

Ele está em uma cela de observação da unidade, e será ouvido pelos diretores da instituição ainda nesta segunda-feira (24). O motivo do atentado de Ney contra o companheiro de cela ainda não foi esclarecido pela polícia.   (*Com informações do Correio)