Deputado Sandro Régis protesta contra fiscalização da Agerba

    sandro-regisPara protestar os abusos cometidos pela Agerba, com a apreensão de veículos e aplicação de multas referentes ao transporte intermunicipal de passageiros, o 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Sandro Régis, protocolou moção de repúdio na Mesa Diretora da Casa.

    No documento, o parlamentar lembrou que, no início do governo Wagner, uma das missões da Agerba foi discutir com todos os segmentos de transportes um “modus vivendis” que permitisse um convívio salutar entre os setores envolvidos, em benefício de toda a população.

    “De repente, todo esse trabalho foi simplesmente desprezado, não se sabendo os motivos. A situação atual decorrente desse fato é de verdadeiro terrorismo contra os profissionais que tentam sobreviver com dignidade. A fiscalização que deve existir, vem agindo sem critérios, de forma arbitrária e contrariando as regras do bom senso, gerando revolta no seio dos profissionais e dos beneficiários do transporte alternativo”, lamentou Régis.

    O deputado observou ainda que a Agerba é, atualmente, a única Agência de Regulação Estadual em situação irregular, o que a fez perder o convênio com a ANEEL, gerando graves prejuízos a todos os consumidores baianos de energia elétrica.

    Lorena Teixeira