Dezesseis pessoas são presas por crimes eleitorais na Bahia

RTEmagicC_4e946d923c.jpgA Corregedoria Regional Eleitoral da Bahia registrou 16 prisões em todo o estado, até as 14h, deste domingo (26). Das 16 prisões, sete foram por boca de urna. Uma aconteceu na 24ª Zona Eleitoral (ZE), em Ipiaú; três na 73ª ZE, em Ubaiataba; uma na 108ª ZE, em São Gonçalo dos Campos e duas na 167ª ZE, em Jacobina.

Outras sete prisões ocorreram por conta de transporte irregular de eleitores. O último caso não teve o motivo informado. O jornalista Nestor Mendes Júnior foi detido após agredir um homem no bairro do Itaigara, em Salvador, segundo informações do TRE.

De acordo com Corregedoria, o jornalista agrediu com um tapa um eleitor da coligação adversária a que ele apoia. Nestor Mendes Júnior foi levado para a 16ª Delegacia de Polícia (Pituba), onde foi registrado uma ocorrência, e logo depois liberado.

O jornalista negou a agressão e disse que presenciou um eleitor do tucano xingando uma delegada do PT usando palavras de baixo calão. “O cara xingava- a de p…, v… e que mantêm a corja do PT no poder. Mandei que ele respeitasse uma mulher e fiz um gesto com os braços abertos”, disse Mendes Jr ao Correio24horas.