Dicas para utilizar a Internet com Segurança

A internet surgiu em meados dos anos 70, mas somente na década de 90 chegou  a milhares de usuários do mundo inteiro. No Brasil, a rede mundial de computadores ganhou forças nos anos 2000, principalmente com a chegada das redes sociais, que viraram febre e conquistaram milhares de fãs.

Hoje,  a internet já faz parte da vida de mais de 100 milhões de brasileiros. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD)  divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2016, o percentual da população brasileira que navegava na rede era de 57,5%, sendo a utilização dos aparelhos celulares um dos principais fatores responsáveis por esse crescimento.

Mas nem só aspectos positivos vive a Internet. Por ser uma rede livre,  a internet vem constantemente sendo alvo de hackers, golpistas e criminosos, que podem prejudicar e trazer danos não só à sua vida online, mas também interferindo em seu dia a dia. São constantes os relatos de pessoas que tiveram suas contas bancárias invadidas, fotos divulgadas sem autorização e até mesmo as que sofreram o prejuízo ao fazer compras via web e não receberem seus produtos. Mas como se proteger de aproveitadores e usufruir todos os benefícios que a internet nos traz? A  NET Internet preparou dicas para os internautas se manterem seguros em ambiente online. Confira:

1. Não deixe seus dados acessíveis a desconhecidos. Para isso não acontecer, você deve verificar as configurações de privacidade nas redes sociais. Prefira deixar suas fotos, postagens e vídeos visíveis apenas para amigos.

2. Ao utilizar computadores públicos, proteja seus dados. Lembre-se sempre de sair corretamente das páginas e de suas redes sociais todas quando não for mais utilizar o computador. Além disso, se você não tiver finalizado o uso, mas precisa se ausentar de frente do PC, bloqueie a tela com uma senha de segurança.

3. Quando for realizar transações financeiras ou cadastro de dados, veja se o site possui Https. Endereços com essa sigla indicam que a navegação é criptografada, ou seja, a mensagem será cifrada para deixá-la impossível de ser lida quando armazenada, tornando sua experiência muito mais segura.

4. Mantenha seu anti vírus atualizado. Muitas pessoas acham bobeira e se cansam quando as famosas mensagens de atualização de antivírus aparecem na tela no computador. Porém, realizar a manutenção desse serviço é fundamental para a sua proteção. Se você costuma abrir sites nos quais muitas abas de publicidade são abertas automaticamente, é recomendada a assinatura de um anti vírus mais potente, já que muitas vezes essas abas contém vírus.

5. Costuma assinar os termos e condições de uso sem ler? Esse é um erro muito frequente e que pode lhe colocar em apuros. Se você não tem tempo ou paciência para fazer a leitura, recorra de sites que fazem a leitura e avisam quando encontrarem algo duvidoso. É só pesquisar na internet que você encontrará esse serviço.

6. Utilize senhas fortes. Ao utilizar dados óbvios como data do aniversário ou nome da mãe, você estará correndo o perigo de sofrer invasões por pessoas mau intencionadas que conhecem um pouco mais sobre você. Mescle números e letras e não salve sua senha em nenhum computador, a não ser em casos de notebooks ou aparelhos de uso exclusivo que não costumam ser usados em redes compartilhadas.

7. Não dê informações a estranhos. Por mais simpática que a pessoa possa lhe parecer, nunca forneça informações de endereço residencial ou comercial, número de telefone ou nome de parentes próximos. Tudo isso pode ser usado contra você.

8. Ao se sentir ameaçado, não hesite em denunciar. Tire prints de conversas e faça fotos de tudo aquilo que possa te prejudicar. Hoje em dia há recursos que freiam os possíveis criminosos e pessoas que assediam virtualmente os usuários.

9. Opte por provedores de Internet que ofereçam proteção à navegação. Na NET, por exemplo, clientes que contratam um combo com NET Vírtua com velocidade a partir de 10M ganha proteção para navegar pela internet e ficar livre de vírus e programas espiões.