Diretor do Corinthians garante finanças em dia e fala sobre renovação com Ralf

A2812F93194-1024x683Muito próximo de conquistar o hexacampeonato brasileiro, o Corinthians trabalha nos bastidores já pensando na próxima temporada. Eduardo Ferreira, diretor adjunto de futebol do clube garantiu que as finanças estão em dia e que os jogadores já receberam a maioria dos valores que eram devidos.

“Isso aí (os atrasos no pagamento dos salários) a gente conduziu bem dentro do clube. O exemplo está aí, há três semanas atrás tudo relativo a direitos de imagem foi quitado. Faltavam algumas coisas de 2013, relativas ao Campeonato Paulista e à Recopa Sul-Americana, mas está sendo pago entre hoje (segunda-feira) e amanhã (terça-feira) ”, afirmou em entrevista à ESPN Brasil.

Ainda sobre a questão financeira do Corinthians, Ferreira destacou o controle da folha salarial do clube, principalmente com as saídas de Paolo Guerrero e Emerson Sheik. O dirigente ressaltou o trabalho da atual diretoria, afirmando que até o final da gestão, as finanças do Timão estarão em ordem.

“Com a saída de alguns atletas, nós controlamos a folha salarial. Todos os departamentos do clube estão sendo enxugados e vocês podem ter certeza que o Roberto (de Andrade, presidente do Corinthians) junto com o Emerson Piovezan, diretor financeiro, vão deixar o clube em ordem até o final da gestão”, disse.

Outro assunto abordado pelo diretor adjunto de futebol do Alvinegro foi a renovação do contrato do volante Ralf, jogador muito identificado com o clube, especialmente por fazer parte do grupo que conquistou os dois maiores títulos da história recente do Corinthians: a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clube da Fifa.

“Nós conversamos há um mês atrás com o Ralf, ficamos aguardando o posicionamento do empresário, mas com a sequência de jogos ficamos quase um mês sem conversar. Na semana passada conversamos com o empresário, foi uma conversa boa, evoluiu. Vamos aguardar os próximos dias e quem sabe nesta semana ou na semana que vem nós teremos uma definição”, pontuou.

Para tranquilizar o torcedor corintiano, Eduardo Ferreira revelou que a diretoria cedeu às vontades do atleta e irá propor um contrato mais longo do que de um ano, como havia sido a proposta inicial. Dessa forma, o prolongamento do vínculo com o volante está encaminhado.

“Nós abrimos mão de um ano de contrato, prolongamos este prazo e vamos esperar os próximos dias para ter uma definição. Mas está perto e espero que em breve possamos resolver esta situação”, concluiu.