Drama: Mulher que sofreu grave acidente de carro aguarda há 2 meses por cirurgia em hospital baiano

drUma paciente que está internada no Hospital Geral de Vitória da Conquista, cidade localizada no sudoeste da Bahia, aguarda há dois meses por uma cirurgia na coluna. Mirla Maria Rios e o marido, o caminhoneiro Raimundo Albuquerque, moradores de São Paulo, sofreram um acidente de carro no mês de outubro, na BR-116, na altura do distrito industrial de Conquista. Ele sofreu ferimentos leves, enquanto Mirla se machucou gravemente.

O hospital onde a mulher está internada informou não ter suporte para fazer o procedimento cirúrgico, e Mirla ainda não tem prazo para ser transferida para uma unidade de saúde, em Salvador. O hospital disse ainda que envia um relatório diariamente com a atualização do quadro clínico da paciente para a Central de Regulação do Estado, mas que até agora não surgiu uma vaga para que ela seja transferida para uma unidade da capital baiana.

Além de necessitar a operação, Mirla sente muitas dores nas costas e na coluna e, para cuidar da esposa, Raimundo fez um acordo com a empresa onde trabalha e está de licença não remunerada. “Para eu continuar empregado, abri mão do meu salário. Para quando isso normalizar, eu continuar trabalhando”, explica.

Emocionado, o marido de Mirla cobra uma resposta para o caso da mulher. “Eu preciso de uma solução para minha esposa. Minha esposa tem que sair desse quadro, ela está muito preocupada, com muita dor nas costas, coluna. Abre um vaga pelo amor de Deus, que eu estou desesperado. Minha esposa não merece passar pelo que está passando. Ela é uma pessoa boa, é uma pessoa que quer o bem de todos”, desabafou Raimundo.

A Justiça de Vitória da Conquista determinou que o município e o estado providenciem, dentro de 24 horas, a transferência da paciente para um hospital que disponha de condições técnicas para realizar a cirurgia. (Com informações do G1/BA)