Durante visita de Souto, moradores de Euclides da Cunha reclamam do fechamento da CAR e EBDA

10576989_270325939830073_1428252967301736731_nO fechamento dos escritórios regionais da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) foi denunciado pelo presidente da Câmara Municipal de Euclides da Cunha, Ireno Barreto, à chapa majoritária da coligação “Unidos pela Bahia”, na manhã deste sábado (08), quando os candidatos Paulo Souto (governador), Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima (senador), participaram de carreata e comício na cidade.

souto3

“É assim que o governo petista cuida dos mais pobres e dos pequenos produtores, desativando os órgãos estatais responsáveis pela execução de políticas de combate à pobreza, no caso da CAR, e pela prestação de assistência técnica aos pequenos produtores, como é a EBDA? Eleito, vou trabalhar de verdade para mudar situações como esta. Vocês me conhecem e sabem que não sou de enganar ninguém. Prometer e não cumprir”, afirmou Paulo Souto, que também estava acompanhado pelo prefeito José Ronaldo, de Feira de Santana, e os deputados estaduais Sandro Régis e Luciano Simões Filho.

souto4Outra reclamação do povo de Euclides da Cunha à chapa oposicionista foi contra a decisão do governador Jaques Wagner de acabar o programa Cabra Forte. “Fiquem tranquilos porque no dia cinco de outubro a Bahia vai dar uma resposta para eles. E no ano que vem, se formos eleitos, eu, Geddel e Joaci vamos trabalhar para implantar o novo Cabra Forte ainda melhor para elevar a qualidade de vida do povo sertanejo!”, garantiu o candidato a governador da oposição.

Os feitos de Paulo Souto na região foram lembrados pelas lideranças de Euclides da Cunha. O ex-prefeito Zezão destacou a construção da adutora de Monte Alegre, que levou água a 32 localidades, inclusive de outras cidades da região. Já o ex-prefeito Ataíde agradeceu as dezenas de tratores que Paulo Souto, quando governador, distribuiu com pequenos produtores. A ex-prefeita Rosângela observou que, durante o seu mandato, ela não apoiava o governo de Paulo Souto, mas, nem por isso, ele deixou de recebê-la e atender seus pleitos. “Com Paulo Souto, o homem do campo tinha vez e voz”, afirmou o Dr. Luciano.

09_08_14_Paulo-Souto_Baz_foto-Valter-Pontes_Coperphoto1Paulo Souto, Joaci e Geddel foram a Banzaê, onde participaram de nova passeata e comício. O caos da saúde pública na Bahia veio à tona com a denúncia de que o Hospital Estadual de Ribeira do Pombal, que atende à região, estaria funcionando como comitê político. “Este estabelecimento de saúde foi construído para servir ao povo. O Ministério Público e o Tribunal Regional Eleitoral precisam investigar esta denúncia urgentemente”, disse o candidato oposicionista a governador.

Liderança da região, Edson Brito ainda destacou o importante papel pacificador de Paulo Souto na solução de um conflito de terras entre índios e posseiros na região. “O senhor foi determinante para que o conflito terminasse em paz”, lembrou Brito, mencionando também a construção do Colégio Estadual Flaviano Dantas, em Banzaê, outra obra de Souto, que foi recepcionado na cidade também pelo vice-prefeito de Heliópolis, José Gama.

O vereador Agnaldo Alcântara e várias lideranças de Cansanção, Monte Santo, Queimadas, Quijingue, Tucano e região acompanharam a visita de Souto a Euclides.

Fotos: Valer Pontes