“É bala e fogo” diz jovem após matar três pessoas na Bahia

9melbpwlgm_4o2wxzhgc7_fileUm jovem de 18 anos foi preso e contou como matou três pessoas quando ainda era menor. Felipe Silva dos Santos, conhecido como Polaco, é acusado das mortes no bairro de Portão, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador.

— Só três mesmo. Por isso que estou assumindo só meus três que fiz.

Rindo, Polaco contou que matou dois irmãos e Alan. Segundo o jovem, Alan foi assassinado com cinco tiros “porque era descarado”. Ele disse que matou porque quis, que ninguém mandou e que se mexer com ele “é bala e fogo”.

— Eu vou chorar é, vou chorar? Claro que tenho que dar risada

A delegada Daniela Monteiro afirmou que Polaco é perigoso e faz parte de uma organização criminosa em Arembepe. Segundo a delegada, os homens foram autores de um homicídio em abril, quando fizeram um jovem ajoelhar, pensando que era policial, e deram um tiro na cabeça.

O jovem disse que está no mundo do crime desde os 16 anos, mas quer sair, pois a mulher está grávida de sete meses e espera um menino.

— Fácil entrar, difícil para sair. (R7/BA)