EBDA está realizando o cadastramento de produtores de Euclides da Cunha para compra de Feijão

timthumb(1)Buscando a regularização dos preços e a garantia de renda ao produtor rural, com ênfase na agricultura familiar, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em parceria com órgãos do Governo do Estado, entre eles, a Secretaria Estadual da Agricultura/Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (Seagri/EBDA), está comprando feijão diretamente dos agricultores, referente à safra de inverno, por conta da supersafra. A EBDA é responsável pelo cadastro dos agricultores e pela classificação do feijão que será encaminhado às unidades da Conab.

Neste primeiro momento, a Conab está adquirindo o feijão produzido por agricultores do município de Euclides da Cunha, que teve uma safra de cerca de 60 mil toneladas, em uma área plantada superior a 55 mil hectares. O cadastro dos agricultores interessados em vender o feijão está sendo realizado no escritório local da EBDA do município, e o produto é encaminhado para que técnicos da empresa, em Ribeira do Pombal, façam a coleta das amostras e a classificação.

De acordo com Robério Abreu, chefe do Escritório Local da EBDA em Euclides da Cunha, o número de agricultores inscritos, no primeiro dia, superou a expectativa. “Atendemos numa manhã quase 50 agricultores, a previsão é atender 2 mil agricultores só na região”, informou. Para fazer o cadastro, o agricultor precisa apresentar a carteira de identidade e o CPF.

Cada agricultor poderá efetuar a venda de sua produção até o limite de 100 sacas de feijão. De forma a assegurar os preços mínimos fixados pelo governo federal, a Conab utilizará como base na cotação de valores do feijão o instrumento de Aquisição do Governo Federal (AGF), variando conforme a classificação do produto em Tipo 1 e Tipo 2 (R$ 88,35/saca 60kg a R$ 94,99/saca de 60kg).