Eleições 2014: Geddel se empolga, mas Paulo Souto “pisa no freio”

    geddel-vieira-lima-e-paulo-souto-foto-bocaonewsNo último final de semana, o presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima, pré-candidato ao governo em 2014, revelou em seu Twitter que conta com a ajuda do ex-governador da Bahia para as próximas eleições. “Tive uma ótima conversa com Meu amigo Paulo Souto e lamento ñ poder fazer amanhã a primeira viagem conjunta a Cruz das Almas Mas agora vamos palmilhar essa Bahia juntos, conversando com nossa gente (sic)”, publicou.

    Em clima de campanha, o ex-ministro salientou que não há hipótese dele disputar o governo com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) ou Paulo Souto (DEM). “Eu já disse aos dois. Eu tenho absoluta certeza que vamos estar unidos. Tenho conversado com Paulo. Não há chance de não estarmos unidos na eleição do ano que vem”, pontua. E ressalta: “eu busco apoio de ACM Neto. Tenho conversado muito com ele e recebido retorno. Tenho tido com Neto uma relação franca, clara. Estou buscando apoio, mas já disse que desejo ser governador”, declarou em entrevista à rádio Povo de Jequié.

    Enquanto o peemedebista está bastante empolgado, Paulo Souto prefere ser mais cauteloso quando o assunto é alianças na corrida eleitoral. De acordo com informações publicadas pelo site Mídia Recôncavo, sobre as eleições de 2014, o ex-governador pontuou que o momento é de luta pela união dos partidos de oposição: “o que eu quero é que PSDB, PMDB, Democratas, PV, PPS e demais partidos estejam unidos”. Ainda segundo o site, o demista acredita que qualquer pronunciamento sobre sua vontade, ou não, de ser o candidato ao governo, pode dificultar possíveis alianças.

    “Entrando em cena I”

    Um dos motivos de Geddel não ter acompanhado Paulo Souto no início da semana foi a gravação de programas eleitorais. De acordo com informações do colunista Lauro Jardim, os peemedebistas entram em cena. O PMDB nacional decidiu que os comerciais de TV que irão ao ar nos dias 10, 12, 15 e 17 de agosto terão como estrelas os candidatos aos governos estaduais e ao Senado. Serão, claro, aparições regionais. Ainda segundo Jardim, Geddel aparecerá na Bahia; Luiz Fernando Pezão no Rio de Janeiro; Paulo Skaf em São Paulo; e assim por diante.

    “Entrando em cena II”

    Estreante nas redes sociais na semana passada, o ex-governador Paulo Souto, que prefere ser cauteloso quando o assunto é sua candidatura nas eleições do próximo ano, fez diversos elogios a gestão do prefeito ACM Neto e ao secretário de Urbanismo e Transportes de Salvador, José Carlos Aleluia (DEM), em uma das sua publicações no Facebook. “Uma grande vitória do Prefeito ACM Neto implantar a primeira fase do bilhete único no sistema de transporte coletivo com apenas sete meses de mandato e já anunciar a segunda para antes do final do ano. Estão de parabéns o Secretário Aleluia e sua equipe, ainda mais quando se sabe que uma medida desse tipo exige estudos cuidadosos, que certamente começaram antes das manifestações recentes no país.Uma boa administração não se faz apenas com obras , mas com medidas deste tipo no sentido de modernização do sistema e benefícios para a população”, comentou.

    Fonte: Bocão News