Eleições 2014: Secretário de Wagner exclui Gabrielli da briga pela candidatura ao governo

walter_pinheiro_e_rui_costa_-550x303A guerra para a sucessão ao governo dentro do Partido dos Trabalhadores continua acirrada. Desta vez, quem se pronunciou foi o secretário de Comunicação do governo Jaques Wagner, Robinson Almeida. Segundo ele, apenas dois pré-candidatos, ainda estariam no páreo para a disputa dentro do Partido dos Trabalhadores (PT).

“Existem três nomes competitivos. Rui Costa, Walter Pinheiro e Sérgio Gabrielli. Desses três eu vejo Rui e Pinheiro mais bem posicionados. Rui está bem na chamada classe política, com os dirigentes do partido e com parlamentares. Pinheiro é bem visto pela militância”, confessou em entrevista a uma rádio da capital.

Robinson-Almeida-418x320Desta forma, Almeida descartou também, o nome do ex-prefeito de Camaçari, Caetano, e do atual presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Marcelo Nilo, que corre por fora a tão sonhada vaga de disputar ao cargo de governador da Bahia.

Na avaliação do gestor, o ex-presidente da Petrobras e atual secretário de Planejamento, José Sérgio Gabrielli, não está entre os mais prováveis para abocanhar a vaga de candidato ao Governo do Estado no ano que vem. “Hoje está entre Pinheiro e Rui Costa. Os dois nomes estão disputando bem”, declarou.

Apesar da declaração de Almeida, a cúpula do PT e os pré-candidatos continuam costurando acordos para a escolha do nome que vai disputar a cabeça da chapa majoritária, nas eleições 2014. De acordo com informações vinculadas na imprensa, o PT deve anunciar a decisão de quem vai para a tão sonhada vaga, na sucessão estadual, até o final do mês de novembro. (Varela Notícias)