Em busca de cura, Fábio Assunção procura “Pajé” e toma chã alucinógeno

Fábio Assunção passou o carnaval longe da folia. O ator foi buscar cura para dependência num retiro espiritual numa aldeia indígena no Acre. Fábio chegou sozinho na Aldeia Morada Nova, localizada no município de Feijó, a 362 quilômetros de Rio Branco, na última quarta-feira, e participou por lá de um ritual com banho de ervas medicinais para limpeza do corpo. Ele também faz um tratamento com chá do ayahuasca e recebeu o rapé, segundo informou o site local ContiNet.

FabioAcre
Foto reprodução

No registro, Fábio aparece ao lado do cacique da aldeia, Carlos Brandão. “Em nenhum momento ele demonstrou tristeza. Era só alegria, principalmente com as crianças. É uma pessoa afável, amiga, humilde e de bom coração”, relatou o cacique à publicação.

Segundo o cacique, em nenhum momento Fábio falou de seus problemas com drogas e alcoolismo. “Ele disse que queria conhecer a cultura da tribo”, informou ele ao site. Brandão ainda contou que o ator recebeu o rapé (tabaco em forma de pó).

Uma moradora da aldeia informou ao site que o Fábio ingeriu o chá do ayahuasca, também conhecido como Santo Daime. A tribo é conhecida por ser o refúgio de dependentes químicos em busca de tratamento, que é feito através de um ritual com o chá ayahuasca (Santo Daime), produzidos com plantas amazônicas.

Fábio já declarou em entrevistas ser viciado em drogas e disse que chegou a frequentar AA (Alcoólicos Anônimos) em 2008.