Em clima de greve da Polícia Militar, Capitão Tadeu detona: o governador é cego

capitaotadeu_e_jaqueswagner_foto_bocaonewsO deputado estadual Capitão Tadeu (PSB), um dos moderadores entre a polícia e o governo, desde que o clima de greve da categoria se instalou na capital baiana na última segunda-feira (14), fez diversos disparos contra o governador Jaques Wagner na manhã desta terça-feira (15) após ser questionado sobre a provável greve da categoria. “Eu estou muito preocupado com isso. Infelizmente o governador não consegue enxergar. Ele é míope. O governo faz a propaganda do que tem de positivo e eu não nego que tenha ocorrido algum avanço”, disse ao apresentador Mário Kertész.

Na oportunidade, ele ainda disse que participou dos oito meses de negociação entre a categoria e o governo. “De tudo que foi apresentado, o governo aproveitou apenas cinco por cento. Aceitou muita coisa na mesa. E pior, avançou cinco por cento e recuou 20 por cento. Tirou direitos. Por exemplo, policial que tá devendo alguém vai ser preso, punido. Foram muitas falhas e equívocos que o governo cometeu”, disparou.

Ainda segundo o parlamentar, há chances do protesto da categoria tomar novos rumos que podem comprometer a segurança na Bahia. “Quase mil oficiais se reuniram ontem no Clube dos Oficiais e disseram de forma unânime que querem a greve”, afirmou.

Nesta terça-feira (15), policiais e bombeiros militares realizam assembleia geral, às 15h, para deliberação, ou não, de paralisação dos trabalhos da categoria. Na noite de segunda-feira (14), em reunião que contou com a participação de oficiais da associação Força Invicta, ficou definido o apoio dos associados para aceitar a decisão que ocorrerá na reunião de hoje à tarde, no Wet`n Wild. (Fonte: Bocão News)