Em jogo de cinco gols, Vitória vence o Corinthians de virada

O Vitória venceu o Corinthians de virada, por 3 a 2, no Barradão, em Salvador, na tarde deste domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado anima a equipe baiana, goleada pelo Santa Cruz na estreia da competição e aumenta o jejum do time paulista, que soma agora 32 dias sem saber o que é vencer.

20160522170727061_0

A etapa inicial foi agitada. Foram 21 finalizações – 10 do Vitória e 11 do Corinthians. O Timão abriu o placar numa jogada coletiva que culminou na esquerda com uma finalização cruzada e rasteira de Uendel, aos 25. Quatro minutos depois, Leandro Domingues, em jogada individual e na raça, empatou com um chute colocado. O Corinthians continuou melhor em campo e chegou ao segundo gol com Fagner, entrando de surpresa na área, aos 38.

O Corinthians voltou disposto a manter a vantagem, mas deu brecha para o Vitória crescer. Com Leandro Domingues, Marinho, Kieza e Vander, a equipe baiana foi empurrando o Corinthians para trás. O empate surgiu aos 11, com Marinho, em lance que gerou reclamação de toque de mão por parte dos corintianos, mas foi legal, segundo Paulo César de Oliveira, comentarista de arbitragem da TV Globo. A virada surgiu aos 19, com Kieza, surgindo por trás da defesa corintiana, postada em linha. O Corinthians terminou o jogo no abafa, pressionando pelo empate. Vander ainda foi expulso aos 42, por reclamação. Mas o Vitória conseguiu segurar o resultado.