Em meio a escândalos envolvendo membros da diretoria, Timão dá adeus à Libertadores

rib_8398Não basta ter um gênio como Tite no banco, é preciso ter um time e um elenco qualificado para que os resultados e os títulos possam aparecer. A fragilidade do atual elenco do Corinthians ficou evidente no jogo de hoje (04) diante do Nacional-URU que culminou no empate por 2 a 2 e eliminação da Libertadores.

O Corinthians está fora da Taça Libertadores. Precoce? Sim. Injusto? Não. Pelo que apresentou nas duas partidas contra o Nacional, do Uruguai, o Timão mereceu ser eliminado nas oitavas de final da competição sul-americana. O empate por 2 a 2 noite desta quarta-feira, na Arena Corinthians, aliado ao 0 a 0 em Montevidéu fez o time do técnico Tite não conseguir superar a raça uruguaia e dar adeus ao torneio.

Desde o início do ano todos já sabiam que o time era limitado tecnicamente, apesar do desmanche do final do ano, O Corinthians não contratou ninguém considerado de peso, mesmo assim a Fiel confiou no bom e milagroso Tite, que com o time em formação, conseguiu tirar “leite de pedra” e ainda obteve bons resultados tanto na Libertadores quanto no Paulistão.

Apesar de limitado, acreditaremos  que era possível ir mais longe na libertadores, pura ilusão. A verdade é que a diretoria que em meio a denúncias e escândalos de corrupção envolvendo alguns de seus membros errou e ignorou a grandeza do Timão.

Não há mais como usar os bons resultados em campo para tapear a torcida, se sentiram tão confiantes que até  permitiram o desmanche do time Campeão. As denúncias do empresário norte-americano Helmut Niki, que alega ter pago 110 mil dólares (cerca de R$ 390 mil) por 20% dos direitos econômicos de um jogador da base do Corinthians que nunca recebeu e também uma carta de procuração sem validade, é apenas a ponta do iceberg, é o momento de muita coisa ser passada a limpo no Timão.

A Fiel é o maior patrimônio desse clube e ela merece respeito, o Corinthians é o maior do Brasil, é mais que uma nação, e com certeza terá forças para superar tudo isso.