Em meio a renovação, Timão pode ter acordo em dívida sobre Ralf

728x546O Corinthians está negociando uma renovação de contrato com Ralf, mas as conversas estão demoradas – o volante ficou magoado com algumas atitudes do clube. Um dos problemas que envolve a relação entre o alvinegro e o jogador, entretanto, pode ser resolvida na próxima semana.

Na próxima quarta-feira, advogados do Corinthians e representantes da GP Sports Management irão se reunir em uma audiência judicial para tentar um acordo – o clube foi condenado pela Justiça a pagar R$ 2,8 milhões à empresa, que gere a carreira de Ralf. A dívida é referente à compra de parte dos direitos econômicos do atleta pelo alvinegro.

Tanto Corinthians como o estafe de Ralf vem trabalhando para que a dívida não afete as conversas pela renovação – o clube até a semana passada chegava a dever 10 meses de direito de imagem atrasados ao volante – fato considerado mais grave.

Na última semana, o superintendente de futebol Andrés Sanchez tratou o assunto com ironia. “Os procuradores dele estão na Justiça, vamos esperar que vai rápido. A Justiça é rápida no Brasil. Mas como é que vai renovar com o Corinthians se os procuradores dele estão na Justiça?”, questionou.

Mesmo assim, a chance de acordo com os agentes é vista como benéfica pelo Corinthians – ao UOL Esporte, pessoas ligadas à diretoria alvinegra afirmaram que já existe um plano de pagamento e acreditam nas chances de conciliação.

A audiência está marcada para as 12h da quarta-feira, mas não deve contar com a presença do jogador. O Corinthians enfrenta o Vasco na quinta, em São Januário, e pode se sagrar campeão brasileiro com uma vitória. (Uol Esporte)