Estudantes do IF Baiano descobrem substância na canela para redução da dor

67268-3Um professor e três estudantes do IFBAIANO (Instituto Federal Baiano – Campus de Catu) descobriram através de uma pesquisa que uma substância extraída da canela poderá ser utilizada como analgésico para redução e contenção de dores, em substituição a Morfina.

Eles são do curso de Química do instituto e foram sorteados para apresentar essa pesquisa em uma Feira de Saúde no México. A equipe está precisando de apoio, já que os custos da viagem serão de aproximadamente 15 mil reais.

O professor de Química, Saulo Luiz Capim, explicou que a substância cinamaldeído, que é retirada da canela, passa por transformações laboratoriais, utilizando a química orgânica medicinal para transformá-la em um analgésico, para tratamento da dor.

“Já temos alguns analgésicos no mercado, mas eles causam efeitos colaterais, como é o caso dos anti-inflamatórios, que provocam ulceras gástricas, e no caso da morfina, causa dependência no sistema nervoso central”, afirmou.

Saulo explicou como a equipe foi escolhida para participar desse evento no México. “Participamos de uma Feira no Amapá e ganhamos a credencial para a Feira do México. Porém essa credencial não paga os custos e precisamos arrecadar esse dinheiro para chegar até lá e apresentar esse trabalho”, afirmou.

Ele informou que infelizmente não conseguiu, até o momento, apoio de órgãos governamentais e que a Feira está com data prevista para o período de 3 a 8 de dezembro, mas que espera arrecadar recursos para fazer a viagem e apresentar o trabalho.  (Acorda Cidade)