Estudo surpreendente revela que banho diário pode ser prejudicial à saúde

Desde pequenos somos ensinados que devemos tomar banho todos os dias. Para muitos um banho é até pouco. A quantidade de banhos por dia varia de cultura para cultura, mas algumas não chegam a “exigir” o asseio diário. E, sem querem, podem estar agindo de maneira certa.

É o que diz um estudo da Universidade de Columbia (EUA). Segundo cientistas, os banhos diários, adotados geralmente por “questões estéticas”, são uma porta de entrada para infecções.

Foto reprodução

Frequentes banhos quentes, sejam eles de chuveiro ou imersão, ressecam a pele e provocam rachaduras que permitem que germes e bactérias penetrem no corpo, declarou a especialista em doenças infecciosas Elaine Larson, que participou do estudo. De acordo com ela, o banho diário retira da pele o óleo natural que protege o corpo, comprometendo assim o sistema imunológico.

“As pessoas pensam que precisam se banhar por questão de higiene e limpeza, mas bacteriologicamente, não é uma boa medida”, disse ela, de acordo com o “Metro”.

Em entrevista à “Time”, Brandon Mitchell, professor de dermatologia da George Washington University, comentou: “O seu corpo é uma máquina naturalmente coberta de óleo. Acredito que as pessoas estão exagerando no banho. Banho diário não é necessário.”

....

COMPARTILHAR