Euclides da Cunha: Após 72 horas desaparecido, homem é encontrado morto em tanque

mortoVisto pela última vez na segunda-feira (16), o desempregado Gilvan Arcanjo dos Santos, 33 anos, foi encontrado morto na parte mais rasa de um tanque que fica dentro de uma propriedade rural, na proximidade do bairro Dengo, ao lado da movimentada estrada rural que liga a cidade de Euclides da Cunha ao distrito de Ruilândia. Os indícios é que a morte de Gilvan decorre de afogamento.

De acordo com as informações colhidas, todas as noites, Gilvan saía de sua casa para tomar banho neste tanque que fica à esquerda da estrada de barro – sentido Ruilândia; pois em sua moradia não há água, nem energia elétrica por problemas pessoais.

Conhecido como ‘Gil’ ou ‘dormidor’ – em função do problema de saúde, Gilvan morava sózinho no bairro Dengo e recebia ocasionalmente cuidados de parentes mais próximos, como tias e tios, pois, ele já perdera há algum tempo os cuidados dos pais que também já morreram.

Somente por volta das 7h desta quinta-feira (19) um irmão encontrou o até então desaparecido que já estava em avançado estado de decomposição. Informações de populares indicam que a presença de abutres ajudou ao irmão encontrá-lo.

Por volta das 8h, quando este repórter esteve no local averiguando a informação do internauta Sandoval Oliveira, dezenas de pessoas se concentraram à beira da estrada perto do tanque e podiam avistar o corpo de bruços em meios às plantas aquáticas. Antes disso, as pessoas estavam dentro da propriedade rural que tem algumas cabeças de gado.

O corpo de Gilvan foi removido ao Instituto Médico Legal de Euclides da Cunha, para realização de procedimento de necropsia e posterior liberação aos familiares para sepultamento.

Com informações e foto do Euclidesdacunha.com