Evangélica, Mara Maravilha diz que era deprimida e posou nua por não saber o que era dinheiro

mara-maravilha1-550x285Evangélica, a baiana Mara Maravilha diz que foi incentivada por sua mãe, Marileide,  e por Silvio Santos  a posar nua para a Playboy, em 1990. Mas o arrependimento veio junto com o cachê. “Eu não sabia o que era dinheiro, eu sabia o que era cantar, gravar. Até hoje eu tomo café na cama, nunca lavei uma calcinha minha, não sei cozinhar”, afirma em entrevista ao Terra.

Apesar de toda a fama que possuía, a ex-apresentadora infantil era deprimida: “Terminava meus programas e ia chorar. Eu conheço a cara da depressão, mas ela nunca me venceu. Nunca fiquei sem tomar banho, sem comer”.

No início do ano passado, Mara sofreu a perda de sua mãe. “No dia em que minha mãe faleceu, uma jornalista escreveu num blog que o motivo teria sido falta de cuidados. Isso depois de eu ter ficado cinco anos viajando e cuidando dela. Ela faleceu na UTI, no hospital, assistida por médicos. Eu tive um sentimento tão ruim, que eu liguei pra essa jornalista e disse que ia matá-la”, diz, ainda ressentida.

Ela também foi questionada pelo fato de ser homofóbica: “Eu sou taxada de homofóbica, mas eu me dou muito bem com os homossexuais. Em uma roda de pessoas, com certeza eu vou me dar melhor com um deles”. Segundo a cantora, o julgamento não é parte do seu script. “Eu discordo, por exemplo, do Pastor Eurico (PSB-PE), que atacou a Xuxa na Câmara.  Se fosse assim, eu não poderia subir num altar. Eu já fiz uma Playboy, como eu posso pregar num altar agora?”, finaliza.

....