Ex-bilionário falido fez oferenda de R$700 mil a Iemanjá: “Ele vai voltar ao topo”, diz vidente

aeikeEike Batista despachou um tesouro na mar de Ipanema, no Rio de Janeiro, no último dia 2 de fevereiro, dia de Iemanjá. O empresário despachou cerca de R$ 700 mil em oferendas à rainha do mar, segundo o jornal Extra.

“Falei com ele que tudo o que havia tirado do mar teria que ser devolvido e agradecido. Tudo que ele explorou nos últimos anos estava ligado ao oceano”, diz um vidente ouvido pela publicação. Segundo ele, Eike é filho de Iemanjá com Oxóssi, Nossa Senhora e São Sebastião.

O empresário foi aconselhado a “fazer as pazes com Iemanjá”. Ainda segundo a publicação, o empresário chegou em uma lancha à praia da Urca, junto com a mulher.

No barco foram colocadas perfumes importados, flores, garrafas de champanhe, imagem da entidade e 700 moedas de ouro. O valor exato das moedas não foi calculado. Segundo o Extra, uma das moedas era comemorativa da Copa do Mundo de 2014, e pode ser encontrada no mercado por R$ 1 mil.

Em seguida, Eike e o pai de santo seguiram para a praia de Ipanema, onde fizeram o ritual. O pai de santo Ubirajara Pinheiro, ouvido pelo Extra, contou que o empresário vai voltar ao topo. “É questão de meses”, diz.