Feira de Santana: Comerciante mata cliente por dívida de R$ 500

46048-2O comerciante Jorge Carlos da Costa Nunes, de 43 anos, foi preso na quinta-feira (19), acusado de ter cometido um assassinato – no dia 22 de julho de 2012 – em Feira de Santana. Segundo investigações da polícia, a vítima, Zairo Albuquerque Filho, executada em função de uma dívida de R$ 500.

O comerciante foi preso por policiais civis do Serviço de Investigação da Coordenadoria, sob o comando do delegado Ricardo Brito. A prisão ocorreu quando Jorge Carlos estava saindo de casa. Após ser ouvido na Delegacia de Homicídios, o acusado foi encaminhado ao Conjunto Penal de Feira de Santana.

Na época, o crime foi apurado pela delegada Ana Cristina Carvalho, da Delegacia de Homicídios, que no dia 10 de agosto de 2012 representou pela prisão preventiva do acusado. O juiz titular da Vara do Júri e Execuções Penais, Gustavo Hungria, decretou a prisão preventiva que foi cumprido ontem.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o comerciante alegou que toda vez que ia cobrar um débito de R$ 500,00 de frangos que vendeu a vítima agia com agressividade. “Um dia eu estava indo para Conceição da Feira fazer umas entregas de frangos quando eu o encontrei e chamei para conversar. Ele colocou a mão dentro da calça insinuando que estava armado e eu saquei a arma que estava na cintura e atirei”, contou. Zairo teve morte instantânea e, na ocasião, o acusado, que estava em uma motocicleta, fugiu para a cidade de Maragojipe.

Com informações do Acorda Cidade

....