Feira de Santana: Nomes de evangélicos mortos não aparecem em escutas feitas pela polícia

vitimasUm novo elemento traz ainda mais evidências ao suposto equívoco cometido pela polícia ao atingir com tiros o Pastor Mário Sales e o missionário Jeisivam Dias, envolvidos em um tiroteio durante uma campana montada por agentes para prender integrantes de uma quadrilha de roubo de carros em Salvador e Feira de Santana.

As novas evidências estão na escuta, feita pela polícia com autorização da Justiça. Nas gravações, os nomes de Gilmário Sales Lima, quanto de Jeisivam Dias, não aparecem sendo citados por nenhum dos envolvidos, tampouco a voz das duas vítimas é ouvida pelos investigadores.

Com informações do: Varela Notícias

Notícias Relacionadas:
Pastor e cantor gospel morrem em operação policial em Feira de Santana
Pastor morto em tiroteio fazia parte de quadrilha de roubo de carros, diz polícia
Deputado Marco Feliciano determina apuração da morte do pastor Mario Sales