Festa do Hexa do Timão teve triplo de público e dobro da renda da final da Copa do Brasil

bilheteria_anual_do_corinthians_e_de_r_70_mi_hwA diferença de estádio, interesse e até mesmo a força da torcida entre os clubes paulistas tem ficado cada vez mais evidente nas arquibancadas e na receita com bilheterias entre os quatro grandes times de São Paulo.

Nesta quarta-feira, na primeira partida da final da Copa do Brasil 2015, o Santos recebeu o Palmeiras na Vila Belmiro. Com capacidade não muito superior a Fazendinha, o estádio estava praticamente lotado. Com 14 mil pagantes, o público superou em 42% a média de anual no estádio, mas ainda é uma fração do público e renda dos jogos do Corinthians no Campeonato Brasileiro.

No último domingo, o Timão recebeu o São Paulo no último jogo da Arena Corinthians, quebrando o recorde do estádio, com 44 mil pagantes, mais que o triplo da final da Copa do Brasil. Com receita anual até o momento em R$70 milhões de bilheteria contra R$15 milhões do Santos, a bilheteria da goleada contra o São Paulo também garantiu praticamente o dobro da arrecadação da Vila Belmiro nesta quarta-feira.

Veja o público e renda das duas partidas

Vila Belmiro – Santos 1×0 Palmeiras
Público: 14.116
Renda: R$ 1.631.560,00

Arena Corinthians – Corinthians 6×1 São Paulo
Público: 44976 (3,18 vezes maior)
Renda: R$ 2.939.497,00 (1.83 vezes maior)

Com informações do Meu Timão