MERCADO DE TRABALHO EM 2019 – VEJAS AS 40 PROFISSÕES E CARREIRAS PROMISSORAS

Conheça as profissões em alta para 2019, ou seja, aquelas que contam com grande demanda no mercado de trabalho e se alinham às principais tendências do momento. Veja, ainda, quais são desafios de cada carreira e estimativas de salários.

O mercado de trabalho está estagnado e com poucas oportunidades para a maioria das carreiras. No entanto, ele também se revela bem otimista quando se trata de algumas profissões, relacionadas especialmente ao agronegócio, tecnologia, produção, marketing, compras, comercial, planejamento, RH finanças e terceira idade.

As 40 profissões em alta para 2019 e 2020

Em dúvida sobre qual curso vai fazer no próximo ano? Ou pensando em mudar de carreira? A solução é conferir as profissões em alta para 2019 e 2020. Essa lista foi elaborada com base nas análises feitas por profissionais de recrutamento. Veja:

1 – Agroecólogo

O agronegócio no Brasil praticamente não sofreu com a crise econômica. O ramo representa cerca de 20% do PIB (Produto Interno Bruto). O setor apresentou um crescimento significativo nos últimos anos e continua em expansão. Por causa dessa realidade, novas carreiras estão vindo à tona, como é o caso da profissão de Agroecólogo.

O agroecólogo é um profissional que combina conhecimentos de sustentabilidade com agroindústria. Para se dar bem na trajetória profissional, ele precisa conhecer a fundo a indústria rural, gostar de se relacionar e buscar oportunidades longe dos grandes centros.

De acordo com informações do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), o salário inicial de um agroecólogo ultrapassa R$ 3 mil.

2 – Conselheiro de aposentadoria

O Governo Federal já anunciou uma reforma previdenciária, que está deixando muitos trabalhadores preocupados. Diante desse novo cenário, somado à tendência de envelhecimento da população, surge a profissão de conselheiro de aposentadoria.

O conselheiro nada mais é do que um profissional que entende de mercado financeiro e gosta de fazer cálculos. O seu trabalho é ajudar as pessoas a planejar a aposentadoria de maneira inteligente e rentável. Como a profissão ainda é nova no mercado, não há uma estimativa de salário.

3 – Gerontólogo

A população de idosos no Brasil não para de crescer. Segundo informações do IBGE, há 22 milhões de pessoas com mais de 60 anos no país. Há, ainda, uma estimativa de que esse número vai triplicar dentro de 20 anos. Para melhorar a qualidade de vida na terceira idade, eis que uma nova profissão entra em destaque no mercado de trabalho: o gerontólogo.

Quem trabalha com gerontologia se preocupa não só com a saúde de pessoas idosas, mas também com a felicidade e o bem estar delas. A USP já tem um curso de graduação específico nessa área. Já a Universidade Católica de Brasília promove uma pós-graduação em gerontologia.

O salário do gerontólogo no início de carreira é R$ 2 mil, no entanto, com o crescimento da demanda, o valor da remuneração tende a aumentar.

4 – Analista de BI (Business Inteligent)

Você gosta de matemática e fala inglês fluentemente? Pois saiba que a carreira de analista de BI pode ser perfeita para o seu perfil. Esse profissional é muito reivindicado pelas empresas devido a sua capacidade de interpretar dados e entender os comportamentos de consumo.

O salário médio de um analista de Business Inteligent é de R$ 5 mil, mas pode chegar a R$ 15 mil, dependendo da empresa.

5 – Gerente de SEO

O ranking das profissões em alta também conta com a carreira de Gerente de SEO (Search Engine Optimization). Esse profissional tem como principal responsabilidade supervisionar as aplicações na área de SEO, ou seja, otimização de páginas para motores de busca.

A procura pelo analista de SEO é grande pelas empresas que desejam melhorar a presença nas buscas orgânicas e também pelas agências de marketing digital. O salário médio varia de R$ 4,5 mil a R$ 12 mil.

6 – Técnico em drones

Técnico em drones é uma das profissões do futuro. As pessoas especializadas em pilotar esse tipo de aeronave não tripulada podem faturar alto no próximo ano. Já existem escolas especializadas nessa função, com cursos não só de pilotagem, mas também de manutenção.

O salário médio de um técnico em drones é R$ 7,6 mil. A profissão tem tudo para ganhar destaque em 2019 porque o custo do equipamento caiu e as empresas estão se interessando pela tecnologia para diferentes finalidades.

7 – Desenvolvedor mobile

Desenvolver softwares para dispositivos móveis – essa é a função do desenvolvedor mobile. Em um país, cujo número de celulares já é maior do que a população, esse profissional encontra muitas oportunidades de trabalho.

O salário do desenvolvedor mobile varia de acordo com o nível profissional. De acordo com o Catho, a média salarial é de R$ 3,8 mil

8 – Designer especialista em UX

Já ouviu falar em User Experience? Pois saiba que muitos designers estão conseguindo vagas de emprego com essa especialização no currículo. O trabalho do especialista em UX consiste em criar a melhor experiência para o usuário em produtos ou serviços. Isso inclui desde uma simples caneca até um aplicativo de celular.

O salário varia de uma empresa para a outra, mas costuma ser bem generoso com os profissionais experientes e qualificados. Segundo o site Love Mondays, o valor médio é R$ 8,4 mil.

9 – Cientista de dados

O papel do cientista de dados está sendo decisivo para o futuro de muitas empresas. Esse profissional utiliza seus conhecimentos estatísticos e matemáticos para resolver problemas de negócios. Além disso, ele também tem a capacidade de identificar tendências capazes de alavancar os resultados da companhia.

A profissão cresceu no mercado porque as empresas precisam analisar um grande número de informações. Tantos dados, por sua vez, devem passar pelas mãos de um cientista para dar origem a uma estratégia de negócio que funcione. O salário varia de R$ 9 mil a R$15 mil.

10 – Analista contábil

Nos últimos tempos, analisar a contabilidade se tornou fundamental antes de tomar qualquer decisão de negócios. E esse é o papel do analista contábil, que tem conhecimentos necessários para avaliar contas e fazer fechamentos mensais.

Para se tornar um analista contábil, é preciso ter formação superior em Ciências Contábeis, além de experiência e cursos de especialização. A remuneração varia de R$ 5 mil a R$ 12 mil.

11 – Analista de mídias digitais

Para se relacionar com os clientes, as empresas precisam buscar engajamento e bom relacionamento através das redes sociais digitais. Uma forma de fazer isso é contratando um analista de mídias digitais para integrar o time. Esse profissional sabe como gerenciar os perfis de marcas em plataformas como Facebook, Instagram e Twitter. O salário varia de R$3 mil a R$ 6 mil.

12 – Desenhista Técnico em Eletricidade, Eletrônica e Eletromecânica

Quem busca uma profissão de nível médio/técnico deve considerar a carreira de desenhista técnico, especializado nas áreas de eletricidade, eletrônica e eletromecânica. Essa carreira, em alta no mercado, recompensa com um salário acima de 3 mil reais.

 13 – Controller

O Controller é um profissional com grande visão de negócios e capacidade para liderar as áreas de contabilidade e controladoria nas empresas. A remuneração é bem interessante: vai de R$ 20 mil a R$ 35 mil.

14 – Supervisor de Produção em Indústrias de plástico

Até 2020, o mercado vai precisar cada vez mais de profissionais para ocupar o cargo de Supervisor de Produção em Indústrias de transformação de plástico. É uma boa escolha para quem tem nível básico de formação. Média salarial: de R$ 2,6 mil a R$ 7,5 mil.

15 – Técnico em Petróleo e Gás

A operação Lava Jato afetou a área de Petróleo e Gás, mas os especialistas estão otimistas para os próximos anos. Por esse motivo, a função de técnico em Petróleo e Gás garantiu lugar entre as profissões em alta para 2019 e 2020. O salário ultrapassa facilmente R$ 4 mil

16 – Secretária executiva bilíngue sênior

É responsável por garantir o fluxo de trabalho na diretoria e coordenar algumas equipes, como é o caso do pessoal de recepção. O salário vai de R$ 10 mil a R$ 14 mil.

17 – Coordenador de FP&A

Para se dar bem na carreira de coordenador de Planejamento e Análise Financeira é necessário ter boa comunicação, falar outro idioma, conhecer diferentes áreas da empresa e ter alta capacidade de relacionamento interpessoal. Esse profissional geralmente propõe melhorias, com base no cenário financeiro. Remuneração: de R$ 10 mil a R$ 15 mil.

18 – Diretor Financeiro

Diretor financeiro aparece entre as carreiras mais quentes na área de finanças. A função, também conhecida como CFO, é encarregada de cuidar da controladoria, tesouraria e de todo planejamento financeiro de uma empresa. Com tantas responsabilidades, a profissão tem um salário alto, que varia de R$ 40 mil a R$ 90 mil.

19 – Gerente de facilities

A crise econômica obrigou muitas empresas a reduzir gastos e otimizar processos, por isso a profissão de gerente de facilities se tornou tão importante. E tudo leva a crer que ela continuará em alta nos próximos dois anos. O salário desse profissional varia de R$15 mil a R$22 mil.

20 – Engenheiro ambiental e sanitário

No seu dia-a-dia de trabalho, o engenheiro ambiental estuda como a atividade econômica pode gerar impacto no meio ambiente. Ele pode atuar em projetos de controle de poluição, gestão de saneamento e gerenciamento de problemas ambientais.

21 – Estatístico

Quem tem formação acadêmica na área de estatística ou matemática pode comemorar. Isso porque a profissão de estatístico é considerada promissora em termos financeiros e de empregabilidade.

A rotina de trabalho envolve interpretação de dados quantitativos, simulações e aplicação de teorias matemáticas nos negócios. Tudo isso para que a tomada de decisões na empresa seja mais assertiva. A remuneração varia de R$ 5 mil a R$ 7 mil.

22 – Cuidador de idosos

O envelhecimento da população brasileira aumentou consideravelmente as oportunidades de trabalho do cuidador de idosos. Esse profissional é responsável por preparar refeições, dar medicamentos, fazer companhia, auxiliar na higiene pessoal e tantos outros cuidados que influenciam diretamente no bem-estar da pessoa idosa. O salário médio é de R$1,2 mil, mas pode chegar a R$3 mil.

23 – Biotecnologista

Considerado um profissional do futuro, o biotecnologista conta com várias possibilidades para a sua carreira. Ele pode trabalhar com o melhoramento da produção agrícola, com o controle de qualidade e desenvolvimento de remédios. O salário médio é de R$ 5 mil.

24 – Analista de desenvolvimento Humano Organizacional

As empresas buscam superar o momento de crise e retomar o mercado. Para isso, elas precisam investir na contratação de profissionais talentosos. Quem faz a avaliação de desempenho dos candidatos é o analista de desenvolvimento humano organizacional. O salário vai de R$ 7 mil a R$10 mil.

25 – Engenheiro de vendas técnicas

Quem tem formação acadêmica na área de engenharia pode se especializar na área de vendas técnicas. Esse segmento está em alta e necessita de profissionais qualificados. A remuneração média é de R$ 6 mil.

26 – Técnico em mecatrônica

Quem busca profissões em alta para 2019 e 2020 deve considerar a função de técnico em mecatrônica. Fundamental na indústria, esse profissional domina técnicas de técnicas automatização e otimização dos processos. O salário pode ficar acima de R$3 mil.

27 – Coordenador de compras

Planejar e negociar a aquisição de insumos por uma empresa ou indústria é a atividade do coordenador de compras. Esse profissional é altamente requisitado pelas empresas que buscam gerir os investimentos de forma estratégica. A remuneração varia de R$ 8 mil a R$ 11 mil.

28 – Gerente de crédito

Desenvolver e gerenciar estratégias dos produtos financeiros, bem como adequá-los às diretrizes da instituição financeira é a função do gerente de crédito. A remuneração varia de R$ 16 mil a R$ 20 mil.

29 – Engenheiro de Petróleo

A busca pelas melhores técnicas de extração não para, por isso o engenheiro de petróleo e gás tem chances de conquistar sucesso em um futuro próximo. O salário médio é de R$ 11 mil.

30 – Business partner

Recursos Humanos se destacou como uma das áreas mais promissoras para trabalhar em 2018 e isso deve se estender para os próximos anos. Entre as funções mais valorizadas e com alta empregabilidade, vale mencionar Business Partner. Esse profissional é decisivo para a contratação de talentos numa empresa. Salário: de R$ 20 mil a R$ 30 mil.

31 – Supervisor de TI

Outra profissão com emprego garantido para os próximos anos é a de supervisor de TI. A carreira envolve o uso da tecnologia para obter resultados nos negócios. A remuneração varia de R$ 9 mil a R$ 11 mil.

32 – Gerente de Assuntos Regulatórios

Para lançar produtos ou renovar registros, as empresas devem estar de acordo com os requisitos da Anvisa. Por esse motivo, a contratação de profissionais capacitados para o cargo de gerente de assuntos regulatórios se tornou tão frequente. Remuneração média: de R$16 mil a R$ 22 mil.

33 – Designer de games

Designer de games é uma profissão atrativa para os jovens, especialmente a geração Z. O trabalho consiste em criar e desenvolver jogos eletrônicos para diversas plataformas. O salário médio é de R$ 4 mil.

34 – Gerente de fazenda

Quem busca por profissões do agronegócio deve considerar a carreira de gerente de fazenda. Esse profissional cuida da gestão da propriedade e também comanda a equipe técnica no campo. Em geral, as empresas dão preferência para a contratação de engenheiros agrônomos com MBA. Remuneração: de R$ 10 mil a R$ 25 mil.

35 – Analista de investimentos

Os bancos e as empresas que prestam serviços financeiros precisam contar com o analista de investimentos na equipe. Esse profissional pode ser formado em Administração, Economia ou Engenharia. O salário vai de R$ 3 mil a R$ 8 mil

 36 – Técnico em Construção Naval

O técnico em construção naval emite laudos técnicos, faz vistorias e auxilia o engenheiro na construção de embarcações. Essa carreira se destaca como uma das profissões com bons salários que não exigem ensino superior. A remuneração média é de R$2.400,00.

37 – Conselheiro

O conselheiro tem papel fundamental nas organizações, sobretudo nas empresas familiares. O seu papel é sugerir melhorias para a governança corporativa, com base nos seus conhecimentos técnicos de controladoria, finanças e contabilidade. Os salários variam de R$ 12 mil a R$ 25 mil.

38 – Geólogo

Profissional é responsável com localizar e auxiliar a extração de recursos naturais. A retomada do setor de Petróleo e Gás também vai aquecer o mercado para os geólogos. A média salarial supera, facilmente, R$ 10 mil.

39 – Analista de supply chain

A área de operações cresce a todo vapor, por isso o analista supply chain vai se deparar com boas oportunidades de emprego nos próximos dois anos. De olho nas necessidades do cliente, esse profissional atua nos processos que envolvem a cadeia de suprimentos. O salário varia de R$ 2 mil a R$ 5 mil.

40 – Sócio de Contencioso Cível

Profissional é encarregado de coordenar times de advogados que atuam na esfera cível, com muita influência e experiência técnica. É uma boa opção para quem se formou em Direito e deseja prosperar na carreira. A remuneração vai de R$ 20 mil a R$ 50 mil.

E aí? Você se interessou por uma das carreiras mais promissoras? Deixe um comentário.

Fonte: https://www.jornalcontabil.com.brhttps://viacarreira.com/

 

Blog do Florisvaldo – Informação Com Imparcialidade – 22/11/2018

Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

Curtir(1)Descurtir(0)