Filadélfia: Indícios de irregularidades suspendem nomeações oriundas de concurso público

    url1Evidências de irregularidades em Concurso Público/REDA da Prefeitura de Filadélfia (BA) realizado no ano de 2012, Edital nº 001/2012, levaram a nova gestão a suspender todas as nomeações oriundas do resultado do citado processo seletivo.

    Dentre as inúmeras irregularidades, constatou-se que no diário oficial do município, em 30 de março de 2012, foi publicado o resultado do pregão onde informa o CNPJ/MF distinto do da empresa PLANEJAR CONSULTORIA E PLANEJAMENTO LTDA, responsável pela realização do Concurso Público.

    Outra flagrante irregularidade é que, dentre as atividades constantes do contrato social da empresa PLANEJAR não consta a realização e organização de provas/concursos.

    Ainda foi constado que o CNPJ informado no Diário Oficial do município, quando da publicação do resultado do pregão, é referente à outra empresa, alvo de investigações promovidas pelo Ministério Público do Estado da Bahia, tendo inclusive sofrido suspensão e até cancelamento de concursos públicos por esta realizados em virtude de fraudes nos resultados, com a aprovação irregular de parentes, familiares e aliados de Prefeitos e demais autoridades de municípios que a contratou para realização dos certames.

    A lista dos aprovados do citado concurso trouxe diversos familiares do ex prefeito João Luiz Maia, pessoas que ocupavam cargos de confiança e pessoas ligadas aos integrantes da administração municipal.

    Diante das irregularidades, instaurou-se processo administrativo especifico mediante decreto de nº 024/2013 para proceder a investigação e apurar os indícios de irregularidades, suspendendo, portanto todas as nomeações oriundas do referido concurso até a conclusão dos trabalhos da comissão.

    Fonte: Thiago Guimarães