Fiscalização apreende 1,7 toneladas de alimentos vencidos em supermercados no interior da Bahia

    35978-2Uma operação do Ministério Público da Bahia apreendeu cerca de 1,7 toneladas de alimentos em Luís Eduardo Magalhães, no oeste do estado, entre a segunda-feira (4) e a sexta-feira (8).

    Entre as irregularidas, a operação “Passando a Limpo”, realizada com o auxílio do Procon e da Vigilância Sanitária,  encontrou alimentos com datas de validade vencidas, sem origem, sem documentação, expostos inadequadamente, além de produtos com pesos alterados e divergências entre os valores mostrados nas etiquetas de preço e o que era cobrado no momento do pagamento.

    O Procon emitiu 15 autos de infração, dois de constatação e fez três apreensões que levaram a instauração de inquérito policial, por conta de produtos encontrados com data de vencimento alterada. A Vigilância Sanitária fez mais de 40 notificações e emitiu 34 termos de apreensão e outros 15 de infração.

    Das 89 empresas inspecionadas, 15 estavam funcionando sem a documentação. Os proprietários, além de multas, terão 30 dias para regularizar as pendências com a legislação. As informações são do G1.