Flagrado em fotos íntimas com dois homens em suposto motel no sertão alagoano, Padre será investigado pela Igreja

O vazamento de fotos íntimas nas redes sociais do padre Antônio Bernardo dos Santos, da Diocese de Palmeira dos Índios, no sertão Alagoano, causou forte repercussão e teria chocado a população do município. Nas fotos, o padre aparece em um local reservado, provavelmente um quarto de motel, na companhia de dois rapazes.

Imagens reprodução Facebook

Os jovens aparecem sem camisas e em uma delas é possível perceber a mão do padre aparece em cima das partes íntimas de um dos rapazes.

As fotos compartilhadas mostram ainda que os dois jovens estão e um deles segurando uma lata de bebida alcoólica. Também é possível ver outra lata de bebida em cima de um móvel.

Depois da divulgação das imagens, o padre Wendell Assunção Gomes, vigário Geral da Diocese de Palmeira dos Índios, emitiu nota informando que foi instituído um inquérito administrativo penal em desfavor do religioso.

O processo correrá em segredo de Justiça e os autos seguirão para a Cidade Estado do Vaticano, em Roma.

Padre Wendell informou ainda que a Igreja só irá se pronunciar com a nota e não emitirá nenhuma informação adicional sobre o caso.

No fim da nota, o vigário Geral da Diocese de Palmeira dos Índios, Pe. Wendell Assunção Gomes, pede que os fiéis rezem pela Santa Igreja.

Confira a nota na íntegra:

A Diocese de Palmeira dos Índios comunica que, no dia de hoje, foi instituído um Processo Administrativo Penal em desfavor do Reverendo Pe. Antônio Bernardo dos Santos, do clero desta Diocese. O Processo transcorre em segredo de justiça. Os autos do procedimento canônico, concluída a fase diocesana, seguirão para a Cidade Estado do Vaticano, em Roma (Itália), para a decisão do Santo Padre Francisco. Rezemos pela Santa Igreja, particularmente pela nossa Diocese.

Palmeira dos Índios, AL, 09 de maio de 2017

Fonte:Jornal de Alagoas