“Foi o maior susto” disse estudante ferido após explosão de celular debaixo de travesseiro

A explosão de um celular deixou um estudante de 22 anos ferido na madrugada deste sábado (2), em Palmas, no Tocantins. Frederico Luiz Quixabeira Camargo teve queimaduras de segundo grau no ombro e no braço direito depois que seu celular explodiu debaixo do travesseiro, por volta das 3 horas, enquanto ele dormia. No momento da explosão, o aparelho estava carregando.

“Foi o maior susto. O clarão me acordou e, no impulso, eu corri. Se não tivesse corrido, nem sei o que poderia acontecer. Poderia ter queimado meu rosto todo. O colchão pegou fogo e o aparelho ficou totalmente destruído”, disse o estudante de medicina.

celular explosivo
Foto reprodução

Com a explosão, os irmãos dele também acordaram assustados. “Eles até pensaram que fosse tiro”, contou Camargo. O irmão dele, Allahylsson, que é eletricista, foi quem controlou o fogo. “Ele tirou o celular da tomada e conseguiu apagar o fogo, mas nunca mais durmo perto do celular. Eu usava como despertador, nunca pensei que isso pudesse acontecer”, comentou.

Em seu perfil no Facebook Camargo divulgou fotos do  ocorrido e fez um alerta: “Algumas coisas a gente só acredita quando acontecem. Nesta madrugada meu celular estourou debaixo do meu travesseiro. Graças a Deus nada tão grave aconteceu, apenas algumas queimaduras de 2º grau. Vou ficar sem Whatsapp por um período indeterminado. Fica o alerta para quem faz o mesmo. A questão não foi o travesseiro, pois ele me livrou de uma queimadura mais direta. Imagina uma casa sem ninguém ou alguém segurando ele na mão”.

 

Após o acidente, o jovem foi levado para o hospital onde foi medicado e fez curativos. Ele foi liberado e concluirá o tratamento em casa.

*Com informações do Uol