Foto “corintiana” pega mal, e diretoria do Flamengo cobra explicação de Paulinho

paulinhocorinthiansA foto de Paulinho com a camisa do Corinthians, que vazou nas redes sociais na tarde de sexta-feira, pegou muito mal para o atacante nos bastidores da Gávea. Nota-se que o registro é atual porque ele está vestindo a camisa nova do Timão. E o fato é que, apesar de estar fora dos planos para 2016, o jogador tem contrato com o Flamengo até fevereiro de 2018 e ainda não teve o futuro definido. Uma punição é bem possível.

Diretor geral do Rubro-Negro, Fred Luz contou que o clube já tomou uma primeira providência e está no aguardo da explicação de Paulinho.

– A gente já notificou o jogador para explicar. Vamos entender primeiro o que aconteceu. A gente respeita todo profissional do Flamengo, por isso nós o procuramos para saber. A atitude a princípio é inadequada, mas precisamos entender primeiro – disse o dirigente ao GloboEsporte.com.

O Corinthians, por sinal, chegou a sondar Paulinho recentemente, mas a diretoria alvinegra garante que a situação não evoluiu.

– Não existe nenhuma negociação com o Corinthians – reforçou Fred Luz.

Outro clube que demonstrou interesse em sua contratação, segundo o próprio Paulinho, foi o Santos. E o Rubro-Negro deseja a saída do camisa 26.

O ano de Paulinho no Flamengo foi bastante conturbado. O atacante virou símbolo da falta de comprometimento, principalmente na reta final do Campeonato Brasileiro, e era um dos pilares do”Bonde da Stella”, grupo de cinco jogadores que foi afastado do elenco e reintegrado uma semana depois por ter participado de uma festa logo após uma manhã de treino.

Um episódio que evidenciou o mau comportamento de Paulinho ocorreu em meio à série de maus resultados do time no Brasileirão: nu e com grandes fones de ouvido, o jogador apareceu na sala de musculação e desandou a dançar, para espanto de alguns companheiros.

A reportagem também procurou o empresário de Paulinho, Carlos Leite, para comentar o vazamento da foto, mas não conseguiu contato. (Com informações do Globoesporte.com)