Funcionário de circo é morto por colega por dívida de R$ 30 no interior da Bahia

Faca Vonder FE 253 Tem de Tudo 02O funcionário de um circo foi morto com um golpe de faca na noite de quinta-feira (16), em Prado, no sul da Bahia. O crime ocorreu no bairro Ribeira, logo após a primeira apresentação do circo na cidade. Atingido no peito, o montador Hugo Dênis Nascimento, 34 anos, ainda foi socorrido por um colega, mas chegou morto ao Hospital Jonival Lucas por volta de 23h40.

Avisados pelo hospital, policiais militares prenderam o suspeito Alexsandro Pereira Costa, 41, na madrugada desta sexta, nas proximidades de uma fazenda. De acordo com a delegacia da cidade, Alexsandro é andarilho e havia sido contratado para ajudar na montagem e instalação do circo.

Em depoimento, o suspeito afirmou que cometeu o crime ao cobrar uma dívida de R$ 30 a Hugo. O montador teria respondido que tinha apenas R$ 20 e empurrou o andarilho, que reagiu. Alexsandro disse ainda que havia emprestado a quantia para o montador comprar pedras de crack e que não tinha a intenção de matá-lo.

O suspeito foi autuado em flagrante por homicídio pela delegada Rosângela Santos de Souza. A faca, ainda com marcas de sangue, foi apreendida.(Correio)