Garota de 16 anos desaparece e mãe localiza carta: “Com dor e amor”

Uma família faz buscas nas cidades de Guarujá e Bertioga, no litoral de São Paulo, após uma menina de 16 anos desaparecer. A adolescente Pietra Castro Cavallaro deixou um bilhete para os familiares no dia 5 de dezembro dizendo não conseguir “ser filha, neta e sobrinha exemplar” e, desde então, não foi mais vista.

cartamontagem

Em entrevista ao G1 na manhã desta terça-feira (13), o pai da estudante, Marcio Cavallaro, contou que a menina mora com a mãe em Caieiras (SP). “A mãe dela que encontrou essa carta. Desde então, a família toda está fazendo buscas”, afirma.

15356554 1250190988359991 8754089197082990330 nApós o desaparecimento, familiares entraram em contato com amigos de Pietra para tentar encontrar mais informações sobre o paradeiro da adolescente. Um boletim de ocorrência também foi registrado.

“Um amigo nos contou que ela foi à São Paulo fazer dreads no cabelo após sair de casa. Fomos até lá e ela disse ao cabelereiro que iria para o litoral, para o Guarujá”, conta.

Desde então, a mãe de Pietra, Gisele de Castro, e outros membros da familia, realizam buscas na região. “A mãe dela, meu irmão, várias pessoas da família estão na Baixada Santista. Faz uma semana que estão procurando e até agora nenhuma notícia”.

paifacebook

Segundo o pai da menina, o celular de Pietra não atende ligações. “O chip pode ter sido trocado, não sei. Ninguém sabe dela desde o dia 5”, conta.

‘Angústia’
Marcio afirma que isso nunca havia acontecido antes e que não tem certeza do que pode ter motivado Pietra a escrever a carta aos familiares.

“Imagino que ela possa ter brigado com a mãe. Mas estamos muito angustiados, sem notícia nenhuma”, afirma.

Em uma rede social, o pai da estudante desabafou dizendo querer “acordar desse pesadelo” e pedindo ajuda ‘dos céus’ para que a garota seja encontrada com vida.

15380317 1006288786166452 4668029219751612543 n

Marcio finaliza dizendo que a família está em contato com amigos de Pietra que também tentam encontrar a garota no litoral de São Paulo.

carta