Garotinho de 6 anos é espancado até a morte por colegas em Alagoas

3ce974f9db519e95db5fc851c470a473O Instituto Médico Legal (IML) de Maceió informou que a causa da morte do menino Josival dos Santos Nascimento, 6, na manhã desta terça-feira (25), foi espancamento. A criança estava internada no Hospital Geral do Estado (HGE) e os pais dela contam que houve uma briga entre o menino e dois colegas em que ele apanhou muito. O laudo do médico-legista deve sair em 10 dias úteis.

Muito emocionado, o pai Josival Francisco Ferreira, servente de pedreiro, contou que a briga foi por causa de uma brincadeira. “Ele brincava com dois amigos de chimbra [bola de gude], quando colocou o pé na frente e os outros dois ficaram irritados e começaram a brigar. A menina segurou meu filho e o irmão dela, que deve ter uns 9 ou 10 anos, bateu muito nele com chutes e socos”, conta.

Ferreira, que é separado da esposa, disse que vizinhos chegaram a levantar a hipótese de o padrasto ter batido na criança, mas ele não acredita nesta versão. “Ele não faria isso com meu filho”, afirma.

A briga, segundo a mãe da criança, Maria Rosimeire dos Santos, ocorreu na última sexta-feira (21). “Ele estava sentindo dor e levei ele no posto de saúde. Contei para médica que ele tinha brigado, mas ela achou que ele estava ruinzinho por causa de uma gripe. Ela medicou meu filho e fomos embora. Na segunda-feira fui de novo ao posto perto de casa, porque a dor dele não passava. Mas não tinha pediatra e o médico de lá disse para eu trazer ele para o HGE e eu trouxe”, diz a mãe com a voz embargada de choro. O menino iria completar sete anos no próximo dia 31 de março.

A titular da Delegacia de Crime contra Criança e Adolescente, Rosimeire Vieira, explica que esse caso será investigado pela Delegacia de Homicídios. “Como houve espancamento e a criança acabou morrendo, cabe à delegacia especializada investigar. Se a criança não entrasse em óbito, nós que agiríamos”, explica.

G1