Gênio da música sertaneja, cantor Cristiano Araújo morre em trágico acidente de carro

20123-cristiano-araujo-diapo-1O mundo da música está de luto, o cantor sertanejo Cristiano Araújo, 29 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (24), após sofrer um grave acidente de carro na rodovia Transbrasiliana (BR-153), na altura do quilômetro 613, entre os municípios de Goiatuba e Morrinhos, em Goiás. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do artista.

O cantor havia acabado de fazer um show na cidade de Itumbiara, na madrugada desta quarta-feira (24).

O veículo em que estavam ele, a namorada, Allana Moraes, e outras duas pessoas saiu da pista e capotou por volta das 3h da manhã. Allana morreu no local.

Cristiano chegou a ser levado em estado grave para o Hospital Municipal da cidade de Morrinhos. De lá, foi transferido de helicóptero para Goiânia, mas chegou ao Hospital de Urgência de Goiânia sem vida, a namorada, Alanna Moraes também não resistiu aos ferimentos e faleceu na hora do acidente.

Ele deixou uma irmã, Ana Cristina Melo Araújo e um irmão, Felipe Araújo. Além dos 2 Filhos João Gabriel e Bernardo.

4274078_x360Cristiano Melo Araújo nasceu em 24 de janeiro de 1986 em Goiânia, foi cantor, instrumentista e um dos melhores compositores de música sertaneja do país. O cantor ficou famoso pela sua voz, com timbre forte, e por alguns singles que estouraram nas rádios como “Efeitos” (2011), “Mente pra Mim” (2012), “Maus Bocados” (2013) e “É Com Ela Que Eu Estou” (2014).

Cristiano Melo de Araújo teve desde criança a influência da música sertaneja. Cantor por natureza, pois a música está no sangue, vindo de família, desde seus bisavós, avós, pais e tios que sempre estiveram no meio da música, uma tradição que já dura quatro gerações. Logo aos três anos, já mostrava o dom que fez com que seu pai percebesse que Cristiano teria um futuro artístico, pois mesmo sem falar direito, já era afinado, e conseguia cantar no compasso da melodi

cristiano-alana (1)Aos 06 anos de idade, ganhou dos seus pais, João Reis Araújo e Zenaide Melo, seu primeiro violão, no qual fez seus primeiros acordes, e aos 09 anos, começou a fazer apresentações em público, participando de festivais, se apresentado em festas e comemorações. Começou a compor muito cedo, e aos 10 anos fez sua primeira composição, daí em diante, foi-se aperfeiçoando a cada dia escrevendo músicas, e assim passou a ser procurado por artistas interessados em suas composições. Aos 13 anos, gravou seu primeiro CD com 5 músicas para participar do Festival do Faustão, onde ficou entre os 6 melhores da região centro oeste, ganhando o direito de gravar uma faixa no CD Jovens Talentos. Isso tudo fez com que as portas se abrissem para uma carreira promissora, fazendo shows em campanhas políticas, se apresentando em programas de televisão e participando de grandes eventos. Continuou com sua carreira solo até os 17 anos, quando resolveu cantar em duplas, nesse período, que durou aproximadamente 6 anos, gravou alguns trabalhos em vídeos e CDs, não conseguindo o êxito esperado, mas amadurecendo como artista a cada dia.

cristiano araujoEm 2010, resolveu seguir novamente carreira solo com um projeto mais ousado e diversificado, preparando a gravação de um CD e DVD com participações de grandes artistas de renome nacional. Em janeiro de 2011, o projeto foi concretizado, intitulado Efeitos, com participações de grandes cantores, como Jorge (da dupla Jorge & Mateus), Gusttavo Lima e Humberto & Ronaldo, dentre outros. A partir daí, as coisas começaram a acontecer, com a explosão da música “Efeitos”, de sua autoria, gravada com o amigo e companheiro de longa data Jorge e já na primeira semana de divulgação na internet, as visualizações foram incontáveis, totalizando em pouco tempo, mais de 5 milhões de acesso (nos vários vídeos postados). Com isso, a procura de contratantes pelo Brasil aumentou, proporcionando a média de mais de 20 shows por mês em todo território nacional.

Agora, o mais novo fruto desse trabalho, foi a participação de Cristiano no programa Domingão do Faustão, no qual foi premiado por votação direta do público e garantiu a sua participação em um dos maiores festivais sertanejos do Brasil, o Sertanejo Pop Festival 2012 realizado em São Paulo.

Em 2012, lançou seu segundo álbum ao vivo, intitulado Ao Vivo em Goiânia, com participações de Bruno & Marrone, Fernando & Sorocaba, Israel & Rodolffo, seu pai João Reis, entre outros.

Em 2 de agosto de 2012, foi preso por excesso de barulho em festa em um condomínio horizontal de luxo na região sul de Goiânia. A polícia foi acionada às 4:30 da manhã devido ao som alto em uma festa em sua casa. Permaneceu por mais de sete horas na delegacia e foi solto mediante fiança. No momento da prisão, seu filho, na época com 4 anos, estava presente.

Em 2013, Cristiano lançou o CD Continua, com 20 novas músicas entre elas: Maus Bocados, Caso Indefinido, Continua e outras. E começou a fazer o Tour Continua pelo Brasil